Mulher é vista pela última vez nadando em rio da Flórida antes de desaparecer

Paola Miranda-Rosa está desaparecida desde o dia 18 de dezembro; as imagens em que ela aparece no rio foram enviadas à polícia por outras pessoas que estavam no local

0
4408
Paola Miranda-Rosa foi vista nadando no Wekiva (foto: Osceola County Sheriff’s Office)

Fotos e um vídeo divulgados na quarta-feira (5) pelo Osceola County Sheriff’s Office mostram Paola Miranda-Rosa, 31, nadando no rio Wekiva, no Wekiwa Springs State Park (FL), antes de seu desaparecimento em 18 de dezembro. As imagens foram enviadas à polícia por outras pessoas que estavam no local e a família confirmou que trata-se de  Miranda-Rosa. Dois dias após o sumiço da mulher, familiares organizaram uma equipe de bucas e encontraram o carro dela estacionado no parque.

Policiais do condado de Osceola e Orange montaram uma operação conjunta e vasculharam a área em que ela foi vista pela última vez usando helicópteros, drones, mergulhadores, cães de caça e voluntários a cavalo. Mas não tiveram sucesso. Após receber as imagens da jovem no rio, os agentes anunciaram uma nova busca nesta quinta-feira (6), usando um sistema de câmeras de alta intensidade, que pode chegar em áreas não alcançadas por equipamentos comuns de mergulho.

Os agentes disseram que há poucas chances de que um crime tenha acontecido. Mas a família disse que Miranda-Rosa estava animada com a proximidade do Natal e não teria cortado intencionalmente o contato com eles. Eles lançaram uma campanha no GoFundMe para arrecadar dinheiro para um investigador particular.

Qualquer pessoa que tenha visto Paola Miranda-Rosa ou tenha informações sobre seu desaparecimento deve entrar em contato com o Osceola County Sheriff’s Office pelo telefone (407) 348-2222.