Moradora de West Palm Beach é surpreendida com uma píton gigante na máquina de lavar

Há anos as autoridades da Flórida tentam diminuir a população desta serpente oriunda do sudeste asiático e que pode alcançar vários metros de comprimento e pesar quase 200 kg.

0
1038
Não se sabe como nem quando a cobra entrou no apartamento (foto: (Emily Visnic, Facebook)

Policiais de West Palm Beach tiveram trabalho para retirar uma píton-birmanesa  gigante do apartamento de uma família em West Palm Beach, na sexta-feira (7). Segundo a moradora, Emily Visnic, ela foi checar a roupa que havia deixado na máquina de lavar antes de sair para uma caminhada, quando se surpreendeu com a cobra.

Ela disse que ao ver parte do animal escondido na máquina pensou se tratar de uma roupa com estampa semelhante à pele de cobra. Entrento , a píton começou a ser mover.  Ela, então, chamou os responsáveis pela manutenção do prédio, que acionaram os policiais.

Ninguém tem ideia de como e quando o animal entrou no apartamento.

Cinco mil pítons capturadas no Everglades

A superpopulação das cobras gigantes píton-birmesa se tornou um problema para o ecossistema da Flórida. Estima-se que entre 100 e 300 mil desses répteis vindo do sudeste asiático habitem o estado.

No ano 2017, centenas de caçadores foram contratados para tentar conter a proliferação desses animais no parque Everglades, onde  as condições de água em abundância e muitas presas  fazem com que milhares de cobras  se concentrem no  local. Mais de cinco mil pítons foram capturadas.