Moro anuncia apoio a Bolsonaro no segundo turno

Atual senador eleito, Moro declarou que Lula “não é uma opção eleitoral”

0
711

Ex-ministro da Justiça e Segurança Pública e atual senador eleito, Sérgio Moro (União Brasil), anunciou nesta terça-feira (4) que vai apoiar o atual presidente Jair Bolsonaro (PL) no segundo turno das eleições presidenciais. Em post feito no Twitter, Moro disse que o petista Luiz Inácio Lula da Silva “não é uma opção eleitoral”. “Contra o projeto de poder do PT, declaro, no segundo turno, o apoio para Bolsonaro”, escreveu na rede social. O anúncio veio após uma conversa telefônica com Flávio Bolsonaro, na segunda-feira (3).

Ex-juiz da Lava Jato e ex-ministro da Justiça do governo Bolsonaro, Moro venceu a disputa no Paraná no domingo (2) com 33,5% dos votos válidos. Era era filiado do Podemos mas acabou mudando para o União Brasil na tentativa de ser candidato à Presidência da República. Sem apoio, desistiu da candidatura e concorreu a uma vaga pelo Senado no Paraná após ter o seu domicilio eleitoral em São Paulo rejeitado pela Justiça.

Moro aceitou o convite para ser ministro da Justiça do governo Bolsonaro em novembro de 2018 e saiu do cargo acusando o atual presidente de tentativa de interferir na Polícia Federal. Moro ficou 1 ano e 3 meses no cargo e deixou o posto em abril de 2020. Ele foi responsável por julgar o ex-presidente Lula e o condenar por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá.