Mortes pelo coronavírus nos Estados Unidos passam de mil

Números de casos nesta quinta-feira (26) chegam a 74 mil e 1.078 mortes; casos na Flórida já passam de dois mil e 28 mortes

0
1545
Entrada de brasileiros nos EUA foi restrita depois que o Brasil se tornou o segundo em casos de covid-19 no mundo (foto: wikimedia)
Entrada de brasileiros nos EUA continua restrita (foto: wikimedia)

As mortes nos Estados Unidos pelo coronavírus já passam de mil. Dados do início da tarde desta quinta-feira (26) mostram que 74.982 pessoas foram contaminadas pelo vírus e outras 1.037 morreram. Os casos em território americano estão aumentando de forma vertiginosa a cada dia.

Segundo especialistas, o pico da doença ainda está por vir em duas ou três semanas. “Eu diria que os Estados Unidos vão ver um pico no número de mortes nas próximas duas a três semanas. Talvez, depois disso, alguns governantes poderão liberar seus cidadãos para voltar a circular e isolar os grupos de risco. Mas até lá, o vírus já vai ter causado muito estrago”, afirma o epidemiologista Ira Longini da Universidade da Flórida.

A Flórida tem 2.355 casos e 28 mortes, sendo o Sul da Flórida a região com o maior número de casos confirmados. Miami-Dade tem 616 casos, Broward 504 e Palm Beach 169. O condado de Orange, onde fica Orlando, tem 110 casos confirmados.

New York

Mais de 37 mil pessoas testaram positivo para o coronavírus e 385 morreram no Estado de New York, que concentra o maior número de casos no País. Nesta quinta-feira, 5.327 pessoas estão hospitalizadas, 1.290 na UTI e 1517 pacientes receberam alta.

Para mais informações acesse: https://floridahealthcovid19.gov/