Motorista do Uber Eats é acusado de matar cliente em Atlanta

Eles teriam se desentendido na hora da entrega do pedido e o motorista atirou várias vezes

0
2232
(Photo by Jaap Arriens/NurPhoto via Getty Images)
(Photo by Jaap Arriens/NurPhoto via Getty Images)

A polícia de Atlanta (GA) está procurando um motorista do Uber Eats suspeito de matar um cliente no último sábado (17), depois de realizar uma entrega.

De acordo com a ocorrência policial, o crime aconteceu por volta de 11:30 da noite na região de Buckhead depois que a vítima, identificado como Ryan Thorton, de 30 anos, pediu comida por meio do aplicativo Uber Eats.

“A vítima desceu para pegar seu pedido, pegou o pacote e, quando estava retornando para casa, houve uma discussão entre ele e o motorista, que disparou vários tiros contra a vítima”, informou a polícia.

O acusado fugiu do local em um Volkswagen branco e ainda não foi identificado. O Uber Eats é um aplicativo de delivery, em que o motorista pega a comida do local escolhido pelo cliente e leva até a sua casa. “Estamos chocados e tristes com essa notícia. Estamos trabalhando com a polícia de Atlanta para resolver o incidente”, informou a empresa em comunicado. “Por isso o Uber proíbe armas de qualquer origem dentro dos carros dos nossos motoristas”.