Movimentos a favor e contra Bolsonaro ganham as ruas da Flórida neste sábado (29)

Manifestações no Sul da Flórida serão em Downtown Miami e em Pompano Beach

0
4026

Os ânimos nessas eleições brasileiras estão exaltados. De um lado, eleitores de Jair Bolsonaro e do outro os eleitores dos demais candidatos. Seja qual for o lado, a ideia é mostrar qual ponto de vista está certo (de acordo com o ponto de vista de cada um) e tentar provar isso em discussões acaloradas nas redes sociais.

Em todo o Brasil, o dia 29 será marcado por manifestações contrárias e favoráveis ao candidato do PSL em centenas de cidades. Até quarta-feira (26),  o Facebook registrava 109 eventos para esta data em diversas capitais brasileiras, dezenas de cidades do interior em vários estados e do exterior, como Lisboa, Porto e Coimbra (Portugal), Berlim (Alemanha),  Lyon (França), Galway (Irlanda), Barcelona (Espanha), Sidney e Gold Coast (Austrália), Londres (Inglaterra) e Haia (Holanda), entre outras.

No Sul da Flórida, os brasileiros também irão se reunir neste sábado (29) para mostrar apoio ou repulsa ao candidato, que sofreu um atentado a faca no dia 6 de setembro durante uma atividade de campanha e deve receber alta nesta sexta-feira (28). O ato em apoio ao candidato acontece no sábado (29) a partir das 11 horas nas imediações da igreja Assembleia de Deus (1101 NW 33rd St, Pompano Beach) e já tem 160 pessoas confirmadas. Em Miami, o ato contrário a Bolsonaro será no Bayfront Park (301 Biscayne Blvd, Miami, FL 33132), a partir das 3 da tarde.

Segundo a organizadora do evento ‘Ato em Apoio a Jair Bolsonaro’, Larissa Martins, neste dia haverá adesivaço e atos a favor do presidenciável, com cartazes e bandeiras. “Queremos mostrar que queremos mudar, que queremos um presidente que seja favorável à família, estamos acreditando em seu projeto para o Brasil”, disse Larissa. Ela acrescenta que Bolsonaro tem a coragem para fazer a mudança necessária que o Brasil precisa. “O Brasil precisa mudar, Bolsonaro tem a melhor proposta para o País, ele tem coragem para fazer o que muitos políticos não têm. Por isso estamos com ele”.

Larissa espera que mais de mil pessoas compareçam ao ato em Pompano Beach e convida os apoiadores de Bolsonaro para se juntar ao grupo. Mais informações no link.

Mulheres contra Bolsonaro

A administradora do grupo ‘Mulheres da Flórida Contra Bolsonaro’, Tatiana Marcel Martin, disse em entrevista ao AcheiUSA que a manifestação não será a favor de nenhum candidato ou partido, será a favor da democracia.  “Essa é uma manifestação em prol da democracia e contra um candidato que representa um grande retrocesso para o nosso País. Ele é um candidato declaradamente homofóbico, racista, machista, um candidato que defende a ditadura, defende a tortura. Nós estamos em 2018 e não podemos admitir que uma pessoa assim queira ser o presidente da república de qualquer país”, disse Tatiana.

Ela acrescentou que a ideia surgiu a partir de um movimento de mulheres brasileiras contra o candidato do PSL. “Esse movimento começou no Brasil e eu resolvi que seria uma boa ideia se os brasileiros participassem deste movimento. A Flórida é majoritariamente pró-Bolsonaro, mas muitas pessoas são contra. Este não é um movimento nem de esquerda, nem de direita. É um movimento que está aberto para qualquer ideologia política, desde que a pessoa seja a favor da democracia e a favor da luta pelas minorias”, acrescentou Tatiana.

Ela convida todos a participarem neste sábado, 29, às 3 da tarde, aos interessados que vistam camisas, levem cartazes e deixem claro sua posição. Mais informações no link.