Mulher de 74 anos luta com jacaré para salvar cão de estimação em Boca Raton

Suzan Marciano se jogou no lago e conseguiu tirar o cachorro da boca do réptil de seis pés de comprimento

0
4523
Cachorro nadava no lago por volta das 6:30 p.m. quando foi atacado (foto: Wikimedia)

Suzan Marciano, uma moradora de Boca Raton, FL, de 74 anos, disse ao jornal The Palm Beach Post que estava caminhando com seu cachorro próximo a um lago no Burt Aaronson Park no dia 24 de agosto quando o pet foi atacado por um jacaré.

De acordo com Marciano, por volta das 6:30 p.m. ela tirou a coleira do cão que correu para água e começou a nadar.

Minutos depois, ela viu uma sombra escura se aproximando do golden retriever Nalu e constatou que se tratava de um jacaré de seis pés de comprimento (cerca de 1,80 m). “Meu coração disparou”, disse.

O réptil abocanhou Nalu e iniciou a manobra giratória de afogamento, quando a mulher atirou-se no lago para salvar o animal de estimação.

“Eu não estava pensando”, falou, “fiz a única coisa que podia fazer. Me joguei em cima do jacaré com todo o meu peso”.

O jacaré soltou o cachorro e mordeu a mão de Marciano, mas felizmente desistiu de continuar os ataques e submergiu no lago. “Fiquei em estado de choque. Não senti nenhuma dor na hora”, lembrou.

Ela foi levada a um centro de atendimento de urgência local onde recebeu cinco pontos. Nalu também foi encaminhado para um pronto-socorro veterinário e teve que se submeter a cirurgia devido a perfurações no estômago e na perna. 

Marciano agradeceu por ter sobrevivido ao ataque físico, mas afirmou que o episódio causou trauma emocional e ela não consegue mais visitar o local que fica na região oeste de Boca Raton. “Eu nem posso ver o parque”, disse ela. 

Oficiais da Florida Fish and Wildlife Conservation Commission (FWC)ainda não conseguiram encontrar o jacaré.