Mulher que morreu durante a invasão do Capitólio é identificada

Vítima era veterana da Força Aérea e levou um tiro dentro do Congresso

0
1441
Ashli Babbit morreu com um tiro durante a invasão do Capitólio por manisfestantes apoadores de Trump (Reprodução/TV)

A mulher que morreu baleada na invasão do Capitólio por manifestantes apoiadores do presidente Trump durante a sessão que certificou a eleição de Joe Biden foi identificada. Ashli Babbit, de San Diego, era veterana da Força Aérea, onde serviu por 14 anos e fervorosa admiradora de Trump.

O canal Fox 5 informou que a madrasta de Babbit a reconheceu pela cobertura na imprensa e avisou ao marido, que não foi à manifestação em Washington. “Eu realmente não sei porque ela fez isso”, disse a madrasta à Fox 5.

Babbit estava no grupo que consegui invadir o prédio do Capitólio na tarde de quarta-feira (6), em Washington D.C., ocupando salões e plenários do Congresso. Na confusão, alguém atirou e em seguida Babbit é vista caindo ao chão, de acordo com um vídeo divulgado pelo Twitter.

A veterana foi levada para o hospital, mas não resistiu. O marido, que não foi identificado pelo canal de TV, disse que ela era patriota e fervorosa admiradora de Trump.

Na terça-feira (5), ela tuitou que “Nada vai nos deter… eles podem tentar e tentar, mas a tempestade chegou e vai cair sobre DC em menos de 24 horas … da escuridão para a luz!”