Mulher tenta matar suas roommates em Ocala

Depois do ataque, ela foi às compras, dizem policiais do condado de Marion (FL)

0
1551
Christina Adams foi presa em Ocala por ter esfaqueado suas roommates (Foto: Marion County Police)
Christina Adams foi presa em Ocala por ter esfaqueado suas roommates (Foto: Marion County Police)

Uma briga feroz entre roommates na Flórida Central terminou em violência e uma delas está presa, disseram as autoridades. De acordo com o Gabinete do xerife do condado de Marion, os policiais responderam a uma chamada em Ocala por volta das 8 a.m. na sexta-feira (16).

Uma vítima disse ter sido esfaqueada e identificou a suposta suspeita como Christina Adams, que vivia com ela. Outra roommate também relatou ter sido atacada pela mesma mulher que fugiu em seu carro.

Os policiais localizaram a mulher de 30 anos dirigindo uma Hyundai Sante Fe cinza 2017 não muito longe do local e a prenderam.

Ela disse aos investigadores ter lavado a faca usada para esfaquear duas pessoas, trocou de roupas — e foi fazer compras no Publix, como confirma o boletim de ocorrência.

Depois de ter negado o incidente no início, Adams confessou mais tarde que estava “raivosa” ao ser informada que deveria sair da casa que ela dividia com as vítimas.

A suspeita admitiu ter pego “uma faca grande” e esfaqueou as duas roommates “várias vezes”, deixando-as para morrer.

Após ter acreditado que elas haviam morrido, Adams disse aos policiais ter tentado destruir as evidências, e trocou de roupas antes de ir às compras.

O xerife Billy Woods qualificou os ataques como “chocante” e “atos insensíveis de violência”. “Estou orgulhoso de minha equipe que trabalhou rapidamente, não só ao fornercer ajuda às vítimas como também ao capturar uma pessoa demoníaca e retirá-la do convívio social.”

Adams foi acusada de tentativa de assassinato em primeiro grau e ocultação de evidências.

Atualmente ela está presa no condado de Marion sem direito à fiança. As duas vítimas estão internadas em estado crítico.