Mulheres do Brasil

0
1084

O Grupo Mulheres do Brasil conecta pessoas. Colocamos a serviço dos brasileiros a natureza feminina, que acolhe, cuida e faz acontecer. Neste mês de abril, a programação tem como objetivo ajudar as pessoas a passar por essa quarentena sem prejudicar a saúde mental. 

Lives semanais: Um combo de conhecimento e saúde mental 

Nessa época de crise, é necessário abrir mão de algumas ações e implementar outras para manter um ambiente agradável em casa para todos que moram nela, preocupando-se com todos, desde crianças aos mais velhos. 

A saúde mental é um assunto muito trabalhado recentemente ao redor do mundo, pois está cada vez mais perceptível a diferença que uma mente saudável faz no dia a dia, principalmente para enfrentar momentos como esse. Essa pandemia nos mostra diariamente a importância de se manter saudável para conseguir passar por isso sem maiores problemas.

Como forma de ajudar não só as seguidoras do Grupo como outras pessoas, lives no Instagram @grupomulheresdobrasil.sulfl com psicologia da dinâmica familiar, Bem-Estar e Saúde, Radiestesia Genética e outras estão sendo feitas semanalmente.

Para ficar por dentro do que vem por aí, siga o Instagram do Grupo e acompanhe os posts!

Programa de ajuda – Amigas para conversar

Com a dificuldade de manter o bom humor em meio a essa pandemia, o Grupo Mulheres do Brasil montou um time de voluntárias para conversar com quem precisa de ajuda. O principal objetivo é deixar as pessoas longe da solidão e afastar pensamentos perturbadores que podem surgir com o isolamento social, além de ser um ombro amigo disponível a qualquer momento.

Para conversar com uma das voluntárias, basta enviar uma direct no Instagram do Grupo e as voluntárias entrarão em contato.

Programa de distribuição de alimentos 

Em tempo de crise, ajudar o próximo é uma atitude nobre que impacta positivamente na vida das pessoas. 

Programas de distribuição de alimentos no Sul da Flórida estão sendo realizados pelo governo e com a ajuda de voluntários que doam seu tempo para garantir que as famílias recebam a cesta básica.

Para saber mais informações sobre as datas e centros de distribuição, acesse o site www.feedingsouthflorida.org.

Não é necessário a apresentação de nenhum documento.

Violência doméstica: como reagir?

Pensando nas mulheres que sofrem violência doméstica diariamente e que em alguns casos não conseguem identificá-la, o Grupo Mulheres do Brasil montou uma cartilha para explicar os diferentes tipos de abusos e em quais ações é possível percebê-los. 

O Grupo também disponibilizou ao final da cartilha, as instituições que podem ajudar tanto na orientação psicológica quanto na jurídica no estado da Flórida. 

Acesse bit.ly/NaoViolenciaDomestica para ver a cartilha.


Pílula Empreendedora: Pensar Fora da Caixa

Você já ouviu essa expressão muitas vezes no seu dia a dia, mas pouco parou para pensar em seu real significado.

Pensar fora da caixa é essencial para solucionar problemas, inovar e encarar novas situações. Estamos vivendo um momento crucial, que afeta a todos. Soluções criativas agregam valor, destacam a empresa da concorrência e garantem a capacidade de adaptação às mudanças.

Minhas dicas:

• Preste atenção ao seu redor: mantenha-se informado, leia, estude, conheça a concorrência

• Experiencie coisas diferentes: inove!

• Mude o ambiente ao seu redor: sair da rotina de vez é essencial.

• Elimine a direção do objetivo do seu pensamento: às vezes o melhor a fazer é relaxar.

• Seja criativo! Criatividade não é uma questão de mágica, mas de prática cerebral.

• Conecte-se com as pessoas, lembre-se: Quem não é visto, não é lembrado. Meu favorito: As pessoas fazem negócios com quem elas conhecem, confiam e gostam!

• Valorize seu time: Você trabalha em equipe? Já ouviu o termo brainstorming, a tempestade de idéias? Mentes focadas no mesmo propósito, trabalham melhor!

• Networking: Revolucione como você faz seu networking e a forma como você se relaciona com as pessoas.

• Sintetize suas idéias: “pessoas criativas conseguem conectar seus conhecimentos e experiências e sintetizar novas idéias.” 

• Entenda o problema: faça uma análise na situação de seu negócio e, sem procurar culpados, enumere o que está deficitário e o que precisa ser melhorado. Procure ajuda. Ser empreendedor não é fácil!

Pensar fora da caixa é uma missão para sua vida profissional e pessoal. Desafie-se!

Dica de Elizabeth Alderete – Voluntária Comitê Empreendedorismo

Quer fazer parte do nosso grupo também? Cadastre-se no nosso site: www.grupomulheresdobrasil.org.br

Siga-nos no instagram.com/grupomulheresdobrasil.sulfl