Mulheres integram conselho de Papa no Vaticano pela primeira vez

Duas freiras e uma advogada foram nomeadas pelo Papa Francisco para integrar o comitê, que até hoje era formado apenas por homens.

0
303
Papa Francisco: decisão inédita (Foto: Julio Cesar Hernandez Reis – Flickr)
Papa Francisco: decisão inédita (Foto: Julio Cesar Hernandez Reis – Flickr)

Mulheres passarão a fazer parte do conselho do Papa, um importante comitê que norteia decisões do pontífice, pela primeira vez na história do Vaticano. O papa Francisco nomeou nesta quarta-feira (13) três mulheres – duas freiras e uma advogada – para fazer parte do comitê, que sempre foi formado apenas por homens. O conselho é responsável, entre outras funções, por aconselhar o papa na escolha de novos bispos ao redor do mundo.


No início do mês, o papa Francisco já havia declarado ter intenção de dar mais posições de alto escalão a mulheres dentro do Vaticano. As três mulheres nomeadas para o conselho são as freiras Raffaella Petrini – atual governadora da Cidade do Vaticano – e Yvonne Reungoat, e a chefe da associação das organizações de mulheres católicas, a advogada Maria Lia Zervino.