Muro “de Trump” foi violado mais de 3 mil vezes em dois anos, aponta relatório

Levantamento mostra que o CBP já gastou $2.6 milhões para fazer 3.272 reparos em muro na fronteira

0
1083
Muro construído por Trump é danificado no Arizona (Foto Twitter)

O famoso muro construído pelo ex-presidente Donald Trump durante a sua administração foi danificado mais de 3 mil vezes entre 2019 e 2021. O levantamento foi feito pelo jornal The Washington Post e divulgado esta semana.

O relatório mostra que o Customs and Border Protection (CBP) gastou $2.6 milhões para fazer reparos no muro, construído com o objetivo de coibir a travessia de imigrantes indocumentados. No total, 3.272 reparos foram feitos.

De acordo com a publicação, coiotes e imigrantes usam ferramentas simples para cortar a cerca para atravessar para o lado americano da fronteira.

Os reparos foram feitos no Arizona, Califórnia e Texas onde as obras foram iniciadas no governo Trump e interrompidas.

O secretário do DHS, Alejandro Mayorkas, autorizou o US Customs and Border Protection (CBP) a fechar buracos no muro por questões de segurança. “Existem muitos lugares que oferecem riscos a quem faz a travessia, por isso, estamos tomando essas providencias”, disse o secretário.

O ex-presidente Trump conseguiu $15 bilhões para financiar o muro. Mais de 450 milhas foram construídas durante sua administração, mas quando Biden assumiu o governo, ele interrompeu a construção.