“Muro de Trump” na fronteira do México com o Arizona é danificado por fortes chuvas

Muro - que é alvo constante de depredação por parte de imigrantes e coiotes - foi afetado pelas chuvas na região

0
1741
Muro construído por Trump é destruído pelas chuvas no Arizona (Foto Reprodução Twitter @madreanwildlife)

Parte do muro construído pelo presidente Donald Trump na fronteira do México com o Arizona foi destruído pelas fortes chuvas que atingiram a região nos últimos dias.

O muro é alvo constante da depredação de coiotes e imigrantes, que tentam serrar as grades e furar buracos na estrutura para atravessar ilegalmente.

Vídeos e fotos divulgados nas redes sociais mostram que portões na barreira próxima do rio Silver Creek, no sudeste do estado, não resistiram à força da água que inundou a região.

Imagens capturadas com um drone pelo fotógrafo John Kurc mostram algumas comportas com dobradiças quebradas e outros espaços no muro que ficaram permanentemente abertos. Também é possível ver muitos fragmentos de folhas e galhos arrastados até o local.

Nesta segunda-feira, um porta-voz do setor da Patrulha de Fronteira confirmou à agência de notícias AP que os portões foram danificados por conta da chuva e disse que uma equipe estava avaliando os danos ao longo de toda a extensão do muro e possíveis reparos.

A construção do muro na região, que é próxima a uma reserva ecológica, sempre foi alvo de críticas. Para o ativista da ONG americana Centro de Diversidade Biológica, Laiken Jordahl, o prejuízo já era esperado. “Durante anos, alertamos e prevemos que exatamente isso aconteceria e, embora tenha sido uma chuva significativa, não foi atípica. Sempre temos chuvas fortes na temporada de monções. Foi uma ocorrência altamente previsível. A construção desta parede foi tão imprudente, mal concebida e apressada que foi destruída em seu primeiro verão”, ressaltou em entrevista ao portal Border Report. (Com informações do jornal O Globo).