Nada pode parar o mercado de real estate da Flórida

0
652
Marina Elliot
Marina Elliot

As taxas de juros estão subindo, a inflação está alta e os compradores estão desistindo de investir em imóveis por agora. Certo? Errado.

Essa pode até ser a realidade de outros mercados de real estate em outras cidades dos Estados Unidos, mas não no mercado imobiliário da Flórida. Por aqui a demanda é a mais alta de todos os tempos.

Estudos recentes mostram que o crescimento da população do Sunshine State vai manter os preços das propriedades altas por um longo período. Como já mencionei em artigos anteriores, a demanda não está diminuindo e a oferta–incluindo novos projetos de pré-construção–não é suficiente para atender a procura crescente.

Sim, é verdade, que estamos observando uma redução nos preços de propriedades de luxo (acima de $5 milhões), mas isso não significa que os preços estejam caindo. Significa apenas que eles não estão subindo.

Em algumas regiões do Sul da Flórida, a expectativa é que a população cresça entre 12% e 17.5% na próxima década, com um aumento de até 200 mil pessoas.

Por outro lado, outras áreas do País podem observar um aumento de apenas 0.8% da população. Com os juros mais altos, o crescimento quase estagnado pode esfriar drasticamente o mercado imobiliário em algumas áreas.

De acordo com o economista da Florida Atlantic University, Ken H. Johnson, “de uma maneira ou de outra, o que vamos observar no País é que ou os imóveis vão continuar com preços altos nos próximos anos ou essas regiões podem ver um crash”.

Para se ter uma ideia, a média de juros para prestações fixas de um mortgage de 30 anos é de 5.48% hoje, um aumento de sete pontos em uma semana.

Ainda assim, a maioria dos economistas não está prevendo uma repetição da catastrófica crise imobiliária de 2007 a 2009, quando havia casas sobrando e um mercado saturado de mortgages mal feitos.

Os condados de Palm Beach, Broward e Miami-Dade lideram o ranking de aluguéis mais altos, com os moradores pagando até 22% acima do valor do mercado. Em Fort Myers os aluguéis estão 18% mais altos e em Tampa, 17% mais alto, seguido por Sarasota (16.9%) e Port Saint Lucie (15.6%). Entre as 10 cidades do País com os aluguéis mais altos estão Lakeland e Bakersfield, na Califórnia, e Phoenix e Knoxville, no Tennessee.

Em meio a tudo isso, construtores visionários estão dando início a novos projetos imobiliários todos os dias. O que nós não temos a nosso favor é o tempo, já que esses empreendimentos não ficarão prontos até os próximos dois a cinco anos. As vendas dos projetos se esgotam meses após serem lançados. Em resumo, se você tem tempo e disponibilidade para comprar um projeto de pré-construção, não perca a oportunidade.

A mensagem é clara: não deixe passar a oportunidade de adquirir o seu projeto de pré-construção o quanto antes. Fale comigo para mais informações no meu Instagram neste link. Será um prazer ajudá-lo a comprar um imóvel neste paraíso chamado Flórida.