Não envie texto enquanto estiver dirigindo

Desde 1º de janeiro, quem estiver com celular na mão pode ser multado

0
1189
As campanhas de esclarecimento alertam sobre os riscos de enviar textos enquanto estiver dirigindo um veículo (Foto: Reprodução)
As campanhas de esclarecimento alertam sobre os riscos de enviar textos enquanto estiver dirigindo um veículo (Foto: Reprodução)

DA REDAÇÃO – Dirigir e enviar texto passou a ser um delito sério na Flórida a partir do primeiro dia de 2020. Após um período de adaptação, iniciado em 1º de julho de 2019, os policiais estão autorizados a multar os motoristas que estiverem dirigindo e enviando ou lendo mensagens em seus celulares.

O que consistia apenas de uma advertência converteu-se em delito “primário”, passível de multa, conforme consta na nova lei (HB 107). Agora que esta nova regra entrou em vigor, enviar textos – mensagens, e-mails ou outras formas de escrever em um dispositivo móvel – os policiais podem parar os suspeitos e aplicar multas. O infrator primário terá de pagar $30 mais os custos judiciais e os honorários do tribunal, elevando o custo para $108.16. A multa aumenta para $60 e $158.18 para os reincidentes.

Também se tornou ilegal usar telefone celular segurando-o com uma das mãos enquanto estiver dirigindo um veículo motorizado em cruzamentos escolares, zona escolar ou em área de construção. O uso de Bluetooth ou fones de ouvido está liberado porque o motorista pode segurar o volante com as duas mãos.

A lei permite, porém, aos motoristas enviar mensagens de texto quando o veículo está aguardando a abertura de um semáforo ou parado em algum local. Pessoal de primeiros socorros e veículos de emergência também estão isentos de multas.

O Departamento de Segurança nas Estradas e Veículos Motorizados da Flórida revelou que mais de 170 acidentes foram causados por pessoas que enviaram mensagens de texto enquanto estavam dirigindo em 2018. O Conselho Nacional de Segurança informa que o uso de telefones celulares enquanto se dirige provocou 1.6 milhão de acidentes anualmente e quase 390 mil lesões ocorrem a cada ano em consequência de mensagens de texto, configurando um em cada quatro acidentes registrados nos Estados Unidos.

Enviar mensagens de texto enquanto se dirige é seis vezes mais provável de ocorrer do que quando se dirige embriagado, pois responder a um texto elimina a atenção total durante cinco segundos. O problema agrava-se entre os jovens.