NBA inicia sua temporada regular

0
2339
LeBron James é um dos craques que vai desfilar sua classe na NBA 2019/2020
LeBron James é um dos craques que vai desfilar sua classe na NBA 2019/2020

A partida realizada entre New Orleans Pelicans e Toronto Raptors, no Canadá, abre nesta terça-feira (22) oficialmente a temporada 2019/2020 da National Basketball Association (NBA), a principal liga de basquete do planeta, em partida transmitida pela TNT. Na sequência, a emissora mostra o duelo angelino entre Los Angeles Lakers e Los Angeles Clippers. Pela primeira vez nos últimos tempos, não há nenhuma equipe predominantemente favorita. Isto deve tornar a liga mais competitiva e atraente para os fãs da modalidade, mas é uma dor de cabeça para os departamentos de Marketing das empresas que atuam no segmento esportivo. Geralmente, elas elegem alguns atletas e equipes para “trabalhar” como carros chefe. Desta vez, está tudo aberto. A NBA ainda está tentando consertar o estrago feito por um executivo do Houston Rockets, que criticou a pressão do governo da China continental sobre os chineses de Hong Kong. Embora ele tenha defendido os direitos humanos dos oprimidos, isto pode representar uma perda de faturamento bilionário, pois a China é o maior mercado consumidor dos produtos da NBA e ironicamente o Houston Rockets tem muitos torcedores lá pelo fato de Yao Ming ter jogado lá quando atuou pela NBA. O tweeter foi apagado, mas a polêmica persiste. Somente um bom trabalho de Relações Públicas pode salvar a perda de dinheiro da liga por causa de um comentário pessoal. Em tempo de mídia social, deve-se pensar bem antes de postar qualquer coisa. As consequências podem ser incendiárias. Mas rever craques como Giannis Antetokumpo, LeBron James, Stephen Curry, Anthony Davis. Luka Donkic e Kawhi Leonard, entre outros, devolve a magia do mais badalado campeonato de basquete do mundo.

Flamengo, o invencível

Depois de atuar pela Seleção Brasileira, Gabigol voltou a marcar pelo Flamengo (Foto: Alexandre Vidal)
Depois de atuar pela Seleção Brasileira, Gabigol voltou a marcar pelo Flamengo (Foto: Alexandre Vidal)

O Flamengo segue imbatível no Campeonato Brasileiro. Em partida disputada na noite da quarta-feira (16), no Castelão, o time rubro-negro derrotou o Fortaleza, de virada, por 2 a 1 e manteve a folgada vantagem sobre seus concorrentes. Com a vitória alcançada na capital cearense, o Flamengo chegou a 61 pontos ganhos.

O Fortaleza se manteve com 28 pontos na 15ª colocação. Todos os gols foram marcados no segundo tempo. Bruno Melo abriu o marcador para o time da casa, mas Gabigol e Reinier marcaram para a equipe da Gávea.

Apesar do desfalque de jogadores importantes como Bruno Henrique e Everton Ribeiro, a equipe dirigida por Jorge Jesus sempre mostrou mais vontade de vencer do que o adversário e teve seu esforço premiado com virada. O Fortaleza que não teve o técnico Rogério Ceni, suspenso, mostrou muita disposição e vontade de complicar a tarefa do adversário, mas acabou sendo batido pela maior categoria da equipe dirigida por Jorge Jesus.

Na próxima rodada, o Fortaleza vai receber o Grêmio, no Castelão; o Flamengo vai enfrentar o Fluminense, no Maracanã.

Palmeiras, o persistente

Autor do gol da vitória palmeirense, Felipe Melo faz uma temporada muito boa (Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras)
Autor do gol da vitória palmeirense, Felipe Melo faz uma temporada muito boa (Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras)

O Palmeiras sofreu para superar a frágil Chapecoense na noite de quarta-feira (16). Vaiado por seus torcedores na saída para o intervalo no Allianz Parque, o time mandante, com um a mais desde a expulsão de Gum, conseguiu marcar o gol da vitória por 1 a 0 com Felipe Melo, já nos acréscimos.

Palmeiras e Chapecoense fizeram um primeiro tempo com poucas chances de gol no Allianz Parque. O time catarinense, fechado no campo de defesa, marcou com todos seus jogadores da intermediária para trás. Diante da retranca, a equipe mandante sofreu para construir.

O zagueiro Gum cometeu falta sobre Dudu no campo de ataque da Chapecoense e acabou expulso. Com um a mais, o Palmeiras desperdiçou grandes chances por meio de Willian, Gustavo Gomez e Bruno Henrique, os dois últimos de cabeça. Em uma jogada de contra-ataque, Weverton salvou diante de Régis. Aos 54 minutos, Dudu pegou rebote de Bruno Henrique, tirou a marcação e caiu na área. Na sobra, Felipe Melo enfim marcou.

Com a vitória sofrida, o Palmeiras soma 53, no segundo lugar. Já a Chapecoense tem 16 pontos e figura na lanterna.

Pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras volta a campo para enfrentar o Athletico-PR neste domingo (20), na Arena da Baixada. Já a Chapecoense encara o Goiás, na Arena Condá, também no domingo.

Cruzeiro, o ressuscitado

Torcida do Cruzeiro fez sua parte e lotou o Mineirão para incentivar o time na vitória sobre o São Paulo (Foto: Vinicius Silva/Cruzeiro)
Torcida do Cruzeiro fez sua parte e lotou o Mineirão para incentivar o time na vitória sobre o São Paulo (Foto: Vinicius Silva/Cruzeiro)

O São Paulo sofreu sua primeira derrota sob o comando de Fernando Diniz. Na quarta-feira (16), o Tricolor visitou o Cruzeiro, no Mineirão, em partida válida pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro, e acabou saindo de campo com o revés por 1 a 0, graças ao gol de Thiago Neves, no início do segundo tempo.

Com o resultado, o São Paulo perdeu a oportunidade de retomar um posto no G4 do Campeonato Brasileiro, grupo que garante vaga direta à fase de grupos da Copa Libertadores de 2020. O Cruzeiro, por sua vez, se mantém na zona de rebaixamento, mas agora diminuiu a distância para o CSA para apenas um ponto.

O Tricolor tentará recuperar o prejuízo já no próximo domingo (20), quando recebe o Avaí, no Morumbi. Já o Cruzeiro visita o Corinthians, em Itaquera, no sábado (19).

Atlético-MG, o instável

Luan marcou o gol da virada do Galo no Estádio Rei Pelé, em Maceió, capital de Alagoas, seu estado nata (Foto: Site Atlético-MG)
Luan marcou o gol da virada do Galo no Estádio Rei Pelé, em Maceió, capital de Alagoas, seu estado nata (Foto: Site Atlético-MG)

Teve de tudo no jogo entre CSA e Atlético-MG: lei do ex, expulsão, estreia, virada, empate no fim e quatro gols. O Azulão abriu o placar no Rei Pelé com Alecsandro, ex-jogador do Atlético, mas o Galo teve forças para virar na etapa final, gols de Réver e Luan. No fim, Jonatan Gómez deixou tudo igual numa cobrança de pênalti e fechou o resultado em 2 a 2. O Atlético ainda terminou a partida com um homem a menos. Vinícius foi expulso aos 34 da etapa final.

A partida da quarta (16) marcou a estreia do técnico Vagner Mancini no Atlético-MG. Ele fechou com o Galo após a saída de Rodrigo Santana e assinou um contrato de três meses. Este ano, o treinador, de 52 anos, também trabalhou como coordenador técnico do São Paulo.

O empate mudou pouco a situação de CSA e Atlético-MG na classificação do Brasileiro. O Galo chegou a 32 pontos e caiu para o 12º lugar. Com 26 pontos, o Azulão continua na zona de rebaixamento, em 17º lugar.

O Atlético-MG volta a jogar no próximo domingo (20). Recebe o Santos no Estádio Independência, em Belo Horizonte. O CSA vai para o Rio. Segunda (21), enfrenta o Botafogo no Engenhão.

Vasco da Gama, o reabilitado

O técnico Vanderlei Luxemburgo vem dando padrão ao time do Vasco da Gama (Foto: Rafael Ribeiro)
O técnico Vanderlei Luxemburgo vem dando padrão ao time do Vasco da Gama (Foto: Rafael Ribeiro)

O Vasco confirmou o bom momento e venceu por 2 a 1 o Botafogo, na quarta-feira (16), em São Januário. Com o resultado, os cruzmaltinos chegaram a 34 pontos, na 11ª posição do Campeonato Brasileiro. Já os alvinegros, com 30, passam a ligar o sinal de alerta contra o rebaixamento.

O jogo começou em ritmo movimentado. O Vasco abriu vantagem após gols de Bruno Gomes e Ribamar. No entanto, o Botafogo diminuiu com Marcelo Benevenuto ainda na etapa inicial. No segundo tempo, o clássico caiu de rendimento e os cruzmaltinos souberam segurar a vantagem para sair de campo com os três pontos.

Na próxima rodada, o Vasco vai a Porto Alegre enfrentar o Internacional, no domingo (20). Na segunda-feira (21), será a vez do Botafogo entrar em campo, contra o CSA, no Nilton Santos.

Corinthians, o insípido

O jovem Janderson fez seu primeiro gol como profissional ao abrir o placar para o Corinthians em Goiânia (Foto: Rodrigo Gazzanel)
O jovem Janderson fez seu primeiro gol como profissional ao abrir o placar para o Corinthians em Goiânia (Foto: Rodrigo Gazzanel)

Em jogo muito movimentado e repleto de emoções, Goiás e Corinthians empataram em 2 a 2, no Serra Dourada, na noite de quarta-feira (16). O Timão saiu na frente logo no início do primeiro tempo, com gol de Janderson, sofreu o empate com Michael e a virada no segundo tempo, com Leandro Barcia, mas foi buscar o empate no último minuto, em cobrança de pênalti de Gustagol.

Com o empate, Goiás e Corinthians não mudaram de posição na classificação do Campeonato Brasileiro. Sem vencer há quatro jogos, o Timão segue em quarto lugar, com 44 pontos e agora não tem mais a melhor defesa da competição. Já o Esmeraldino se manteve em nono, com 37.

O Goiás volta a campo no próximo domingo (20), contra a Chapecoense, na Arena Condá. O Corinthians, por sua vez, joga no sábado (19), contra o Cruzeiro, em Itaquera.

Bahia, o resiliente

Arthur Caíque bateu o pênalti com categoria e garantiu a vitória do Bahia sobre o Grêmio em Porto Alegre (Foto: Felipe Oliveira)
Arthur Caíque bateu o pênalti com categoria e garantiu a vitória do Bahia sobre o Grêmio em Porto Alegre (Foto: Felipe Oliveira)

Em confronto direto por uma vaga no G6 do Campeonato Brasileiro, o Bahia visitou o Grêmio na quarta-feira (16), na Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS) e saiu com a importante vitória por 1 a 0. O duelo foi decidido com um pênalti para o time comandado por Roger Machado nos minutos finais, convertido por Arthur Caíke.

Com o resultado, o Tricolor Baiano chega a 41 pontos conquistados. O Tricolor Gaúcho tem a mesma pontuação, mas ocupa o sexto lugar por conta dos critérios de desempate.

Pela próxima rodada, o Imortal entra em campo no sábado (19), quando visita o Fortaleza no Castelão, em Fortaleza. Já o Esquadrão de Aço recebe o Ceará no Estádio de Pituaçu, em Salvador, na segunda-feira (21).

Fórmula-1, em Miami

Hard Rock Stadium deve sediar uma prova de Fórmula 1 em 2021
Hard Rock Stadium deve sediar uma prova de Fórmula 1 em 2021

Ao que tudo indica, os motores da Fórmula 1 vão fazer barulho no sul da Flórida. Dirigentes da principal categoria do automobilismo mundial e do Hard Rock Stadium, em Miami Gardens, chegaram a um acordo que prevê a realização de uma corrida da F-1 em 2021. A decisão ainda depende da aprovação do governo, já que parte do circuito ocuparia as ruas da cidade.

A notícia reforça a vocação do estádio para eventos esportivos e de entretenimento de grande porte: além dos jogos de futebol americano dos times de Miami (Dolphins e Hurricanes), o local sedia o torneio Miami Open de Tênis, festivais de música e receberá em 2020 o Super Bowl, a final da NFL.

O comunicado à imprensa e à comunidade teve ainda a assinatura do diretor comercial de operações da Fórmula-1, Sean Bratches. O acordo encerra uma negociação que durava anos, já que autoridades e empresários de Miami sempre desejaram trazer a corrida para o sul da Flórida. No entanto, a ideia inicial da realização da prova nas ruas de Miami Downtown era abortada devido aos impactos para a população.

A expectativa é que o Grande Prêmio de Miami gere um impacto econômico superior a 400 milhões de dólares à região.