Neymar ousa no estilo na chegada aos EUA

0
1144

Primeiro a chegar aos Estados Unidos ao lado de Rafinha Alcântara neste domingo (30), Neymar chamou a atenção, mais uma vez, pelo seu visual. Com tênis, mala, boné e jóias recheadas de dourado, o atleta desembarcou em Nova Jersey falando em esquecer a punição que o afastará dos primeiros jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo, contra Chile, fora de casa, e Venezuela, em Fortaleza.

Ele ainda cumpre suspensão por causa do episódio de indisciplina na Copa América, que envolveu cabeçada e bolada nos colombianos durante a competição sul-americana. Apesar disso, ele foi convocado por Dunga para os amistosos dos próximos dia 5 e 8 de setembro, contra Costa Rica, em New Jersey, e Estados Unidos, em Boston.

“Não tem diferença. Eu vou sempre querer estar na seleção. Não fico frustrado porque o erro foi meu e eu sei o que eu fiz.”, afirmou ele na chegada ao hotel.

Além de não poder jogar as eliminatórias, Neymar teve a sua convocação colocada em dúvida por ter se recuperado recentemente de caxumba. Ele fez sua primeira partida após a doença neste sábado, pelo Espanhol, na vitória contra o Málaga por 1 a 0. O gol foi do zagueiro Vermaelen.

“Era horrível ficar de fora. Pelo amor de Deus”, disse ele para depois brincar sobre ser o primeiro a chegar. “Agora é dar exemplo (risos). Mas não vai ser sempre assim, não (de ser o primeiro a chegar)”, completou.