Nike decide sair da Rússia

A fabricante norte-americana de roupas esportivas já tinha fechado temporariamente todas suas lojas no país

0
315
Loja fechada da Nike em shopping de São Petersburgo, na Rússia, em imagem de 25 de maio de 2022 (Foto: Anton Vaganov/Reuters)
Loja fechada da Nike em shopping de São Petersburgo, na Rússia, em imagem de 25 de maio de 2022 (Foto: Anton Vaganov/Reuters)

A fabricante americana de roupas esportivas Nike decidiu deixar a Rússia, meses depois de suspender suas operações no país, informou a empresa na quinta-feira (23).

Em março, a Nike anunciou que estava fechando temporariamente as operações em todas as suas lojas de propriedade e operadas pela Nike na Rússia em resposta às ações de Moscou na Ucrânia, acrescentando que aquelas ainda abertas eram operadas por parceiros independentes.

Com a decisão, a empresa se junta a outras grandes empresas e marcas ocidentais, como McDonald ‘s, Heineken e Siemens, que decidiram deixar o país completamente.

“A Nike tomou a decisão de deixar o mercado russo. Nossa prioridade é garantir que estamos apoiando totalmente nossos funcionários enquanto reduzimos nossas operações com responsabilidade nos próximos meses”, disse a empresa em comunicado.