Nova lei da Flórida exige momento de silêncio diário nas escolas públicas

Legislação sancionada pelo governador, Ron DeSantis, determina um ou dois minutos dedicados a reflexão e oração no início de cada dia letivo

0
1926
Ron DeSantis, durante assinatura do projeto HB 529 (foto: Reprodução NBC6)

O governador Ron DeSantis assinou uma lei nesta segunda-feira (14), obrigando as escolas públicas do sistema k-12, de ensino fundamental e médio, a promoverem um momento de silêncio para reflexão e oração, todos os dias, antes do início das aulas.

A sanção do projeto HB 529, aconteceu em Shul of Bal Harbour,  Surfside, Miami. Durante o evento, DeSantis disse que “cada família poderá mandar seus filhos para a escola e saber que eles serão protegidos e poderão praticar sua fé”.

De acordo com a norma, o instante de silêncio deve durar entre um e dois minutos e caberá aos diretores de cada escola garantir o cumprimento da medida.

O texto da lei diz que os professores não devem sugerir nenhum tipo de oração para respeitar a liberdade de religião; e pede aos pais para conversarem com seus filhos sobre a melhor forma de aproveitar o momento.

A legislação do estado já recomendava que isso fosse feito, mas não criou obrigação para professores e administradores escolares.

“A ideia de você simplesmente expulsar Deus das instituições e ter sucesso, lamento que nossos fundadores tenham acreditado nisso”, falou DeSantis.

Em todos os EUA, pelo menos 14 estados já determinam momentos de silêncio no início de cada dia letivo.