Nove pessoas foram encontradas mortas em caminhão no Texas

Polícia de San Antonio trata o caso como crime de tráfico de pessoas; feridos foram transportados em estado grave

0
5110
Nove pessoas foram encontradas mortas em caminhão no Texas
Nove pessoas foram encontradas mortas em caminhão no Texas

DA REDAÇÃO, COM FRANCE PRESS – Nove pessoas foram encontradas mortas dentro de um caminhão estacionado em um centro comercial em San Antonio, no Texas, informou a polícia local neste domingo (23). O fato é tratado pelas autoridades como um caso de tráfico de pessoas. Outras 28 pessoas foram levadas para hospitais da região em estado grave. O caminhão em que estavam não tinha ar condicionado e nem água para os transportados, com um calor de mais de 100ºF.

Todas as vítimas eram jovens e adultos entre 20 e 30 anos, disse o chefe da polícia de San Antonio, William McManus, em entrevista coletiva. O motorista do caminhão, James Mathew Bradley Jr., de 60 anos, natural de Clearwater (FL) foi preso. O veículo foi encontrado graças a um funcionário do Walmart, que resolveu ligar para a polícia quando uma pessoa que estava em um caminhão de carga estacionado em frente à loja se aproximou para pedir-lhe água.

“O funcionário voltou com a água, chamou a polícia e, quando chegamos, encontramos oito pessoas mortas na parte traseira do veículo”, contou McManus, que classificou o caso como uma “tragédia terrível”.

O chefe de bombeiros de San Antonio, Charles Hood, disse na mesma coletiva de imprensa que o ar condicionado do veículo não funcionava e não havia água. “Estavam muito quentes ao tato”, disse Hood sobre as vítimas, sem detalhar por quanto tempo o caminhão ficou estacionado em San Antonio.

Segundo McManus, as câmeras de segurança mostram que vários veículos ajudaram socorrer as pessoas que estavam dentro do caminhão sem ar condicionado.

Situação frequente

San Antonio fica a poucas horas de carro da fronteira com o México. O clima na região está seco e bem quente. Este não foi, segundo a polícia, um caso isolado: “Isso ocorre com frequência durante a noite”, disse McManus.

Imigrantes, principalmente provenientes do México e da América Central, cruzam clandestinamente a fronteira americana todos os dias. No trajeto, são levados por traficantes de pessoas conhecidos como ‘coiotes’, que não raramente abandonam os migrantes que transportam para tentar escapar das autoridades.