Número de empresas está caindo no Brasil

Segundo IBGE, há 4,5 milhões de negócios no país

0
1075
O comércio foi responsável pelo maior número de profissionais contratados (Foto: Naldo Arruda/Flickr)
O comércio foi responsável pelo maior número de profissionais contratados (Foto: Naldo Arruda/Flickr)

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou, dentro da sua pesquisa Demografia das Empresas e Empreendedorismo 2017, que o Brasil tem 4.458.678 empresas. Os negócios empregam 38,4 milhões de pessoas, sendo que 31,9 milhões delas são funcionários assalariados e o restante (6,5 milhões), sócios ou proprietários. Outro dado interessante do estudo é que 84,8% das companhias permanecem em funcionamento após pelo menos um ano de atividades.

Os dados apontam para um menor dinamismo no mercado, segundo a técnica da Coordenação de Cadastro e Classificações do IBGE Denise Guichard Freire. “O número de empresas tem sido menor a cada ano”, confirmou a especialista. Como a taxa de entrada no mercado ficou em 15,2% e a de saída em 15,7%, houve um saldo negativo de aproximadamente 22,9 mil empresas em atuação, ou um decréscimo de 0,5% no número de empresas em relação ao ano anterior.

Outra estatística alarmante é que menos da metade das empresas abertas no Brasil na última década sobreviveram por mais de cinco anos. Por outro lado, os setores com maior entrada de profissionais foram o comércio e fábricas automotivas. Vale lembrar que o Instituto não considera nesta pesquisa os órgãos públicos, empresas públicas, entidades sem fins lucrativos, Microempreendedor Individual (MEI) e Organização Social (OS).