Número de novos casos de coronavírus diminui em mais da metade dos estados americanos

Especialistas alertam, porém, que cuidados como o distanciamento social e uso de máscaras devem ser mantidos

0
784
Flórida está vendo uma redução no número de casos da COVID-19

O número de novos casos de COVID-19 diminuiu em mais da metade dos estados americanos, segundo dados da Johns Hopkins University divulgados na quinta-feira (14). 

Especialistas alertam, porém, que a reabertura precoce dos estados pode reverter esse quadro positivo. Eles reforçam a necessidade de as pessoas evitarem aglomerações e falam sobre a importância do uso de máscaras para evitar a contaminação pelo coronavírus. 

Na opinião do médico Richard Besser, ex-diretor do Centers for Disease Control (CDC), é importante o investimento em testes em massa para que os casos sejam monitorados. “Cada pessoa contaminada e sem saber que tem o vírus começa um novo surto na comunidade. Precisamos ter a informação de quem tem o vírus para conter a propagação”, disse. 

Para a cientista da Organização Mundial de Saúde (OMS), Maria Van Kerkhove, a Coreia do Sul e Singapura tiveram sucesso no combate à doença porque fizeram muitos testes, identificaram os casos rapidamente e iniciaram prontamente as medidas de isolamento social. 

Especialistas acreditam que o vírus ainda vai “incomodar” muito pelos próximos 18 meses a dois anos, até a chegada de uma vacina ou quando mais de 70% da população ter sido contaminada. 

Os Estados Unidos têm, nesta sexta-feira (15), 1.4 milhão de casos e mais de 85 mil mortes pela COVID-19. (Com informações da CNN)