Número de vítimas fatais do furacão Michael chega a 18 e polícia ainda busca por desaparecidos

Buscas após furacão Michael continuam, mas diminui esperança de encontrar sobreviventes

0
1258
Michael devastou cidades inteiras no noroeste da FL
Michael devastou cidades inteiras no noroeste da FL

As autoridades ainda buscam por pessoas desaparecidas nos escombros após a passagem do devastador furacão Michael, na última semana, no noroeste da Flórida, Georgia e Virgínia. Até o momento, 18 pessoas perderam a vida depois da passagem de Michael. A esperança de encontrar mais pessoas vivas diminui na região do Panhandle da Flórida. As informações são da Reuters.

“Estamos entrando no modo de recuperação, infelizmente”, disse o chefe dos bombeiros Alex Baird de Panamá City, uma das cidades destruídas pelo furacão. A comunidade costeira da Flórida é uma das mais atingidas pelo furacão que chegou à região na quarta-feira como uma tempestade de categoria 4, com ventos de mais de 140 quilômetros por hora.

A tendência é que o número de vítimas fatais aumente. No sábado (13), equipes de resgate ouviram gritos de socorro e invadiram uma casa móvel amassada pela tempestade na cidade do Panamá, libertando uma mãe e uma filha, ambas diabéticas que ficaram presas em um armário sem insulina por dois dias e estavam à beira de um choque diabético, disseram os bombeiros.

A falta de comida e água está entre as questões mais prementes para as pessoas se recuperarem da tempestade, disse um voluntário que trabalha na área.

Equipes de resgate, prejudicadas por quedas de energia e telefone, usaram cachorros, drones e equipamentos pesados ​​em busca de pessoas nos escombros.

Mais de 1.700 trabalhadores de busca e salvamento foram mobilizados, incluindo quase 300 ambulâncias, informou o escritório do governador da Flórida, Rick Scott.

A eletricidade e o serviço telefônico estavam sendo restaurados lentamente, mas pode levar semanas até que a energia seja restabelecida nas áreas mais danificadas.