OMS retoma testes com hidroxicloroquina no tratamanto da Covid-19

Os testes tinham sido suspensos na semana passada para que os dados sobre a segurança do remédio fossem avaliados

0
944
Hidroxicloroquina é um medicamento que gera controvérsias (Foto: PTI)

A Organização Mundial da Saúde (OMS) voltou a testar a hidroxicloroquina em seus programas pelo mundo na busca de um tratamento para pacientes diagnosticados com o coronavírus. 

Os testes tinham sido suspensos na semana passada para que os dados sobre a segurança do remédio fossem avaliados. Tal decisão havia sido tomada depois que um estudo publicado na revista científica The Lancet alertou sobre os riscos da cloroquina, indicando um aumento da mortalidade nos pacientes que receberam o tratamento.

Governos como o da França optaram por interromper todo o uso do remédio depois do anúncio da OMS. Agora, com base nos dados de mortalidade, a agência indicou que não haveria motivo para suspender os testes e autorizou que fossem retomados.

Isso não significa, porém, que a OMS esteja recomendando o uso do remédio. Para isso, as evidências científicas de que o remédio funciona ainda terão de ser apresentadas, o que promete levar meses.