ONG de Miami resgata 20 cães da raça golden retriever que seriam comidos na China

O dinheiro do traslado dos animais, $2,6 mil cada, foi arrecadado a partir de doações e entre os novos donos dos cachorros. Todos já foram adotados

0
2037
Além da China, a ONG já resgatou golden retrievers da Turquia e de Porto Rico (foto: flickr)
Além da China, a ONG já resgatou Golden Retrievers da Turquia e de Porto Rico (foto: flickr)

Vinte cães da raça golden retriever desembarcaram no aeroporto internacional de Miami neste domingo (20), após serem resgatados da China pela organização não governamental Golden Rescue South Florida.

Segundo a organização, os cães sofreram abusos e foram vendidos para o mercado de comidas do país asiático. “Fomos contatados por uma equipe de resgate parceira da China perguntando se podíamos ajudar”, diz a ONG em comunicado. “Então, arregaçamos a mangas e partimos para resgatar os 20 goldens trazendo-os para os EUA”.

O dinheiro do traslado dos animais, $2,6 mil cada, foi arrecadado a partir de uma campanha de arrecadação e entre os novos donos dos animais.  Todos os 20 cachorros já foram adotados. Mas a organização ainda tem alguns animais da raça a procura de um novo lar. Os custos da adoção variam de $350 a $600 dependendo da idade do mascote.

Clique aqui e saiba como adotar um golden retriever

Além da China, a Golden Rescue South Florida já salvou esses animais de situações de maltratos e risco de morte na Turquia e em Porto Rico, além de trabalhar com outros grupos de defesa dos animais e abrigos no sul da Flórida.