Operação da polícia de Broward resulta na prisão de 54 criminosos

A operação Green Shield foi deflagrada para diminuir as incidências de tiroteios e a violência no condado

0
813
Sheriff do condado de Broward, Gregory Tony, comandou a operação (foto: Broward Sheriff's Office)

A operação Green Shield deflagrada pelo Broward Sherriff’s Office no período de 26 de outubro a 16 de novembro resultou em 54 detenções por crimes, incluindo a prisão de 22 membros de gangues; 27 armas de fogo apreendidas; além de uma grande quantidade de heroína, cocaína, drogas sintéticas e $359 mil em dinheiro ilícito.

Duas das principais prisões, segundo o BSO, foram as de Jermaine Garland e Breon Kinder, ambos de Pompano Beach e responsáveis por boa parte da droga traficada na região.    

Cinco unidades especializadas em áreas diferentes dentro do BSO trabalharam juntas para concluir essas prisões, segundo o xerife, Gregory Tony, líder da polícia do condado.          

Ele também relatou que grande parte dos casos de violência registrados durante o período da operação resultou de festas ilegais.

“Começamos a ver esses picos de violência nessas festas ilegais que acontecem durante a pandemia e, depois, a associação com tiroteios foi ocorrendo “, disse Tony.

Ele também falou que, em menos de um mês, a atuação do BSO reduziu “consideravelmente” os crimes violentos e tiroteios relacionados à gangues.

A operação foi criada, de acordo com o xerife, após as incidências de tiroteios aumentarem nos últimos meses.

“Já vimos como um subproduto desta operação uma redução de 35% nos tiroteios na região de Broward “, disse.