Os números do NBA All-Star 2017

New Orleans recebe All-Star Game pela terceira vez e evento homenageia 25 anos da espetacular atuação de Magic Johnson no All-Star 1992

0
2798

O NBA All-Star 2017 reunirá em New Orleans alguns dos mais talentosos jogadores da história da liga nesta celebração global do basquete. A 66ª edição do NBA All-Star Game, que será realizada no domingo (19) a partir das 8 da noite, no Smoothie King Center, chegará aos fãs de 215 países e territórios em 49 idiomas, através de canais de televisão e mídia digital dos parceiros da NBA. A programação do evento, no entanto, começa na sexta-feira (17), prolonga-se pelo sábado (18) e encerra-se no domingo (19) com o jogo das estrelas.

A data marca o 25º aniversário da espetacular atuação de Magic Johnson no All-Star Game 1992 celebrado en Orlando. Em homenagem a Johnson, aqui estão 25 dados sobre o evento deste ano:

NBA All-Star em New Orleans

3 – New Orleans receberá pela terceira vez o NBA All-Star: 2008, 2014 e 2017.

2 – Os 2 MVP dos All-Star Games celebrados em New Orleans jogarão este ano com a equipe da Conferencia do Leste: LeBron James (2008 MVP) e Kyrie Irving (2014 MVP), ambos do Cleveland Cavaliers.

232 – NBA All-Star 2017 contará com a participação de 232 jogadores e ex-jogadores nos diferentes eventos.

250 – Mais de 250 dos melhores atos de entretenimento, produtores e diretores das 30 equipes integrarão as atividades do All-Star.

NBA na TNT

30 – Em tributo ao lendário repórter da TNT, Craig Sager(falecida em 15 de dezembro de 2016), 30 sobreviventes de câncer poderão disfrutar do Compass Rising Stars Challenge em uma área especial da arena chamada “Sager Strong”, na sexta-feira (17).

70,000 – O show da Turner Sports “NBA on TNT Road Show” abrangerá 70,000 pés quadrados e durante 4 dias apresentará programas ao vivo, concertos, clínicas de basquete, jogos interativos para os torcedores, diversos stands e muito mais no Champions Square em New Orleans.

15 – Com este, serão 15 anos consecutivos que a TNT vem transmitindo o NBA All-Star Game, e 32 dos quais Turner Sports faz cobertura do NBA All-Star.

78 – Os analistas da TNT e da NBA TV, que participarão na cobertura do evento, chegam a 78 escolhas para o All-Star, conseguidas durante sua carreira: Shaquille O’Neal – 15, Kevin Garnett – 15, Isiah Thomas – 12, Charles Barkley – 11, Grant Hill – 7, Kevin McHale – 7, Chris Webber – 5, Reggie Miller – 5, Steve Smith – 1.

NBA na ESPN

14 – ESPN chega a 14 anos apresentando NBA All-Star Celebrity Game.

21 – ESPN Rádio alcança 21 anos transmitindo  NBA All-Star Game, sendo a primeira vez em 1996.

NBA na NBA TV

5 – Pela primeira vez, a cobertura do NBA All-Star Media Day se prolongará por 5 horas, iniciando ao meio dia de 17 de fevereiro.

NBA Cares

10 – NBA Cares All-Star Day of Service chega aos seus primeiros 10 anos, após começar em New Orleans em 2008 após a devastadora passagem do furacão Katrina.

Basketball without Borders

67 – Sessenta e sete jovens de 32 países e territórios da África, América, Ásia e Europa participarão do terceiro evento anual Basketball without Borders Global Camp, onde aprenderão diretamente com jogadores e técnicos da NBA e da FIBA.

Compass Rising Stars Challenge

5 – Os cinco integrantes do NBA All-Rookie First Team 2015-2016 foram eleitos para participar deste evento: Devin Booker (U.S. Team), Nikola Jokic (World Team), Jahlil Okafor (U.S.), Kristaps Porzingis (World) y Karl-Anthony Towns (U.S.), NBA Rookie of the Year 2015-2016.

AAll-Star Saturday Night

10 – Dez All-Stars participarão de eventos no Saturday Night: DeMarcus Cousins (Skills Challenge); Anthony Davis (Skills); Gordon Hayward (Skills); Kyrie Irving (Three-Point Contest); DeAndre Jordan (Slam Dunk); Kyle Lowry (Three-Point); Isaiah Thomas (Skills); Klay Thompson (Three-Point); Kemba Walker (Three-Point); e John Wall (Skills).

50 – Aaron Gordon obteve qualificação perfeita de 50 de maneira consecutiva em 3 de suas tentivas do Slam Dunk 2016. O atleta do Orlando Magic participará novamente este ano.   

NBA All-Star Game

291 – LeBron James é o maior líder anotador na história do All-Star Game com 291 pontos.

1 – Russell Westbrook se converteu no primeiro jogador a ganhar o NBA All-Star MVP Award em anos consecutivos: 2015 e 2016.

4 – Golden State Warriors empataram a marca de quatro jogadores escolhidos para o All-Star: Stephen Curry, Kevin Durant, Draymond Green e Klay Thompson.

3 – Marc Gasol, do Memphis Grizzlies, é o primeiro jogador na história da franquia a ser selecionado três vezes para o All-Star Game (2012, 2015 e 2017).

25.6 – Kevin Durant tem a média mais alta de pontos anotados na história do All-Star Game com 25.6 pontos.

29.8 – Isaiah Thomas está tendo a media de 29.8 pontos por jogo nesta temporada (segundo da NBA), marca inferior apenas ao recorde do Boston Celtics (29.9 ppj) obtida por Larry Bird em 1987-88.

41 – Os All-Stars 2017, Russell Westbrook e Paul George, anotaram 41 pontos nos All-Star Games 2015 e 2016, respectivamente, um ponto abaixo do total conseguido por Wilt Chamberlain (42) em 1962.

NBA Development League All-Star

15 – NBA D-League All-Star Game terá a participação de 15 jogadores com experiência na NBA.

2 – O duas vezes NBA All-Star e treinador do Raptors 905, Jerry Stackhouse, será o treinador da Conferência do Leste no NBA D-League All-Star Game.

Os times do All Star Game

Conferência Leste: Kyrie Irving (Cleveland Cavaliers), Demar DeRozan (Toronto Raptors), Jimmy Butler (Chicago Bulls), LeBron James (Cleveland Cavaliers), e Giannis Antetokounmpo (Milwaukee Bucks). Reservas: Paul George (Indian Pacers), Carmelo Anthony (New York Knicks), Kyle Lowry (Toronto Raptors), Paul Millsap (Atlanta Hawks), Isaiah Thomas (Boston Celtics), Kemba Walker (Vharlotte Hornets), John Wall (Washington Wizards). Técnico: Brad Stevens (Boston Celtics).

Conferência Oeste: Stephen Curry (Golden State Warriors), James Harden (Houston Rockets), Kawhi Leonard (San Antonio Spurs), Kevin Durant (Golden State Warriors), e Anthony Davis (New Orleans Pelicans). Reservas: DeMarcus Cousins (Sacramento Kings), Marc Gasol (Memphis Grizzlies), Draymond Green (Golden State Warriors), Gordon Hayward (Utah Jazz), DeAndre Jordan (Los Angeles Clippers), Klay Thompson (Golden State Warriors), Russell Westbrook (Oklahoma City Thunder). Técnico: Steve Kerr (Golden State Warriors).

Botafogo vence Olimpia e joga pelo empate

O Glorioso fez a parte dele. Venceu o clube paraguaio por 1 a 0 no Estádio Nilton Santos na quarta-feira (15) à noite com uma atuação segura, mas nada espetacular. No entanto, espetacular mesmo foi o gol da vitória anotado por Rodrigo Pimpão, ainda no primeiro tempo. Ele marcou de bicicleta para garantir o placar final e garantir ao Bota um bom resultado. Sem sofrer gols em casa e com a vantagem no marcador, o Botafogo decide a vaga na fase de grupos da Libertadores contra o Olimpia na quarta-feira (22), em Assunção. Antes, no domingo (19), o Alvinegro encara o Boavista, às 17h, em Saquarema, pela 5ª rodada do Campeonato Carioca.

Furacão derrapa na Arena da Baixada

Quem diria? Todos apostavam que o Botafogo teria dificuldades para vencer e o Atlético Paranaense deveria classificar-se sem problemas. Entretanto, os resultados nos jogos de ida da Pré-Libertadores indicaram o contrário. Claro que haverá ainda os jogos de volta e tudo pode mudar, embora como brasileiros estamos torcendo para que os dois se classifiquem para a fase principal da Copa Libertadores da América. O empate do Furacão, em casa, com o desconhecido Deportivo Capiatá foi um resultado decepcionante, até porque o time sofreu o empate no final da partida. Uma coisa porém é certa. Foi um jogo eletrizante. E os números comprovam isto. Empate em 3 a 3 não é um resultado comum no futebol. Na noite de quarta-feira (15), Felipe Gedoz marcou duas vezes e Pablo uma vez para a equipe paranaense, enquanto Noguera marcou uma vez e Néstor Gonzalez duas para o Deportivo Capiatá do Paraguai. Agora, o Furacão tem obrigação de vencer equipe paraguaia na próxima quarta-feira (22) se quiser se classificar para a próxima fase. O vencedor deste duelo integrará o grupo da Liberrtadores formado por Flamengo, San Lorenzo, da Argentina, e Universidad do Chile.

Copa do Brasil definindo os classificados

Os 40 clubes que prosseguem na Copa do Brasil já estào definidos para jogar a próxima fase. Destaque para as vitórias do Cruzeiro sobre o Volta Redonda por 2 a 1 (gols de Allison e Robinho para o Cruzeiro e Higor Leite para o Volta Redonda) e do Fluminense sobre o Globo FC, do Rio Grande do Norte (gols de Dênis e Gláucio para o Globo e de Henrique Dourado, duas vezes, Lucas, Wellington e Gustavo Scarpa). O destaque da partida foi o gol marcado por Scarpa ao chutar uma bola atrás da linha do meio campo para vencer o goleiro Rafael da equipe potiguar.

São Paulo tira invencibilidade de Santos na Vila

O São Paulo conseguiu um belo feito: derrotar o Santos em plena Vila Belmiro, derrubando um tabu que perdurava desde 2011. Após um primeiro tempo no qual a equipe da casa predominou, o técnico Rogério Ceni promoveu uma substituição que alteraria o panorama da partida. A etapa inicial terminou em 1 a 1, com gols de Copete para o Santos e Cuevas para o Tricolor. No segundo tempo, porém, a entrada de Luiz Araújo no lugar de Neilton foi fundamental. O garoto anotou dois gols e definiu o placar final da partida com 3 a 1 para a equipe paulistana. Agora, todos os grandes do futebol paulista já sofreram uma derrota.