Padre católico que atuou no Brasil troca palavra e anula milhares de batismos nos EUA

Religioso que se tornou padre em Salvador (BA), foi desligado da Diocese de Phoenix, no Arizona, por trocar a palavra "eu"e por "nós"

0
1085
Erro cometido pelo padre também pode afetar milhares de casamentos (foto: Catholic Press)

Uma palavra trocada pelo padre católico Andres Arango levou à  anulação de milhares de batismos que ele realizou em 25 anos de atuação nos EUA. Arango nasceu em Medellín, na Colômbia, e tornou-se padre em Salvador (BA) no ano 1995. Ele morou no Brasil até 2001, quando mudou-se para a Califórnia e depois Arizona, onde trabalhava na igreja St. Gregory, na cidade de Phoenix.

O erro cometido pelo religioso, que acabou renunciando ao posto, foi ter usado a frase “nós batizamos você” em vez de “eu batizo você”. Ao anunciar o desligamento de Arango, o bispo de Phoenix, Thomas Olmsted, pediu aos fiéis que “orem pelo padre Andrés e por todos aqueles que serão impactados por esta situação infeliz”. Segundo uma explicação publicada no site da Diocese: “O problema de usar ‘nós’ é que não é a comunidade que batiza uma pessoa, mas sim Cristo, que preside a todos os sacramentos, então é Jesus quem batiza”. As autoridades da Igreja estão pedindo que as pessoas batizadas por Arango ou tiveram seus filhos batizados se apresentem. O equívoco, de acordo com a Diocese, também pode afetar milhares de casamentos, já que o catolicismo considera o batismo o primeiro dos sacramentos e, uma vez anulado, ele “invalida todos os subsequentes”. Em uma carta postada online, Arango pediu desculpas e prometeu “ajudar a remediar e curar os que foram prejudicados”.