Pedidos de visto U que contenham espaços vazios serão rejeitados, alerta USCIS

O alerta é considerado por advogados e entidades que atuam na causa imigratória como parte da política de "tolerância zero" do governo Donald Trump para dificultar o processo de ajuste de status dos imigrantes.

0
1423
O visto U é concedido às vítimas de crime e violência doméstica (foto: USCIS)
O visto U é concedido às vítimas de crime e violência doméstica (foto: USCIS)

“Podemos rejeitar o seu Formulário I-918 (Petição para o status de U não imigrante), se você deixar um espaço em branco, a menos que seja opcional”, avisa o USCIS em sua página na internet.

O alerta é considerado por advogados e entidades que atuam na causa imigratória como parte da política de “tolerância zero” do governo Donald Trump para dificultar o processo de ajuste de status dos  imigrantes.

O visto U é concedido às vítimas de crime e violência doméstica e permite que a pessoa trabalhe e estude nos EUA por três anos, ao final dos quais o beneficiário pode solicitar residência legal permanente.

O USCIS informou que a medida se aplica não apenas ao Formulário I-918, mas também a dois outros documentos importantes no processo: Formulário I-918 Suplemento A (para membros qualificados da família de um U não imigrante) e Formulário I-918 Suplemento B (certificação do status de U não imigrante).

O alerta lançado pelo USCIS “não afeta apenas os imigrantes que solicitam o visto U”, diz José Guerrero, advogado de imigração que atua em Miami , mas também “afeta a maioria dos processos”, relatou ao jornal USA Today.

“Em quase todas as inscrições, se faltar algo, um dado, um endereço, uma data ou uma sigla, como N/A (não aplicável), o pedido será rejeitado e terá que ser refeito”, alertou.

No caso do visto U, Guerrero disse que o mais importante “é a certificação policial (Formulário I-918 Suplemento B). Se foi a polícia que deixou o espaço em branco, você deve falar com ela, explicar a situação e fazer com que o documento seja reeditado com a correção feita pelo USCIS ”.