Peixe-vela sai da água e perfura idosa na virilha durante pescaria em Jupiter

Peixe havia sido fisgado por pescadores que o tentavam retirar da água; mulher foi levada para o hospital e já recebeu alta

0
1029
Sailfish é símbolo da cidade da Flórida (foto: NBC)

Um peixe-vela de cerca de 100 kilos saltou da água e perfurou uma mulher na virilha após ser fisgado durante uma pescaria em Stuart, na Flórida. A vítima, identificada como Katherine Perkins, de 73 anos, estava em pé na embarcação junto com dois pescadores que tentavam retirar o peixe do mar, quando foi atingida. Ao perceberem o incidente, os homens acionaram o serviço de emergência e retornaram imediatamente para a costa, de onde a mulher foi levada para um hospital próximo.

Um dos homens que presenciou a cena, Louis Toth, 75 , disse que tudo aconteceu muito rápido e que Perkins, que mora em Maryland e estava na Flórida a passeio, não teve tempo de reagir. “Fizemos uma compressa no ferimento até ela receber socorro”, disse Toth. A mulher já recebeu alta do hospital.

Considerado por alguns biólogos o peixe mais rápido do oceano, o peixe-vela pode nadar a um velocidade de até 100 km/h.  Ele é parente do Marlin e a lança afiada que traz na cabeça é usada para atacar presas como sardinhas e lulas.

Em 1957 a cidade de Stuart, onde o caso foi relatado, se autoproclamou a capital mundial do peixe-vela. Em 2003, a prefeitura inaugurou uma enorme estátua de um ‘Sailfish’ em meio a uma fonte de água para eternizar o título.

A Florida Fisk and Wildlife Comission (FWCC) permite a captura de um peixe ao dia por pescador, e não pode ser maior que 63 polegadas.