Perseguição policial pelas ruas do sul da Flórida deixa quatro mortos

Ladrões assaltaram joalheira em Coral Gables, mas confusão só termina com tiroteio em Miramar

0
1721
A perseguição e o tiroteio foram mostrados em tempo real por emissoras de TV e vídeos nas mídias sociais, numa tragédia que terminou com a morte de quatro pessoas - duas delas inocentes (Foto: Reprodução da TV – NBC)

Um assalto à mão armada a uma joalheira em Coral Cables provocou uma alucinante perseguição policial pelas ruas do sul da Flórida, que só terminou quase uma hora depois, com um intenso tiroteio numa movimentada avenida de Miramar, na hora do rush. O resultado da operação foi trágico: quatro mortos, incluindo os dois supostos assaltantes e ainda um funcionário da transportadora UPS, feito refém durante a fuga, e um outro motorista, alvo de uma bala perdida.

Tudo aconteceu no final da tarde desta quinta-feira. Por volta de 4:15pm, policiais pediram reforço depois de constatarem um assalto à Regent Jewelers, na Miracle Mile, a principal rua de Coral Gables. Na troca de tiros em frente à joalheria, uma funcionária do estabelecimento ficou ferida e algumas das balas chegaram a atingir a fachada da prefeitura, que fica em frente ao local do roubo.

Começava ali uma perseguição, que só acabaria 50 minutos depois, a cerca de 20 milhas de Coral Gables. Os suspeitos em fuga fizeram um entregador da UPS de refém e percorreram vários pontos da cidade, passando pela Dolphin Expressway, Turnpike, I-75, Pembroke Pines e Miramar, onde foram cercados por dezenas de carros da polícia.

Toda a movimentação foi flagrada por câmeras de emissoras de televisão em helicópteros e vídeos feitos por pessoas que estavam no local. Pelas imagens é possível ouvir centenas de disparos, o que acabou resultando nas quatro mortes – entre elas, duas pessoas inocentes. “Há muitas perguntas ainda sem resposta. No momento, gostaríamos de prestar condolências às famílias das vítimas”, disse o agente especial do FBI George Piro, que estava no local do tiroteio. Toda a região ficou interditada por algumas horas, inclusive até a manhã desta sexta-feira, devido às investigações.