Pesquisa aponta 50 cidades mais seguras da Flórida. A 2ª está em Broward

Levantamento também identificou o tipo de crime violento mais registrado no estado nos anos 2019 e 2020 e constatou que os tiroteios em massa mais que dobraram

0
3092
Relatório comparou dados sobre criminalidade e populacionais (foto: Wikimedia)
Relatório comparou dados sobre criminalidade e populacionais (foto: Wikimedia)

O relatório feito pelo instituto Safewise e divulgado no início de março comparou dados de 2019 e 2020 sobre criminalidade publicados pelo FBI e dados populacionais.

“Analisamos o número de crimes violentos relatados (agressão com agravante, assassinato, estupro e roubo) em cada cidade e o número de crimes contra a propriedade (invasão de casas, furto de veículos motorizados), tudo isso relacionado ao índice populacional”, diz o estudo.

A lista das 50 cidades da Flórida menos violentas para se viver em 2021 é encabeçada por Marco Island, localizada na costa oeste, a apenas duas horas de Miami. A segunda está ainda mais perto, no condado de Broward. Esta é Parkland, onde seus 35 mil habitantes vivem tranquilamente, de acordo com a pesquisa.

Na sequência estão: Weston, Winter Springs, North Palm Beach, Oviedo, Cooper City, Safety Harbor, Minneola e Sweetwater, respectivamente.  As 27 cidades mais seguras tiveram zero assassinatos no ano passado.

Em último lugar, que corresponde à cidade mais insegura do estado, está Opa Locka e, penúltimo, Miami Beach.

Pesquisadores do instituto Safewise também entrevistaram alguns moradores destas cidades e constataram que 59% dos residentes sentem medo diariamente de serem vítimas de algum tipo de crime, e  40% usam itens de proteção pessoal como spray de pimenta ou armas de choque.

O tipo de crime violento mais registrado em 2019 e 2020 foi a agressão agravada, com mais de 1,4 mil casos nas cidades mais seguras e mais de 55 mil em todo o estado. Já os tiroteios em massa na Flórida mais do que dobraram saltando de 15 no para 34 no período analisado.

Para acessar o estudo completo clique aqui