Petrobras pede quase $2 bilhões a agências de crédito internacionais

0
882

A Petrobras está concluindo negociações com agências de crédito internacionais em operações que somam $1,84 bilhão e representam pré-financiamentos de captações para 2016, informou a petroleira estatal na segunda-feira (16).

Em nota, a Petrobras afirmou que as operações estão em linha com sua estratégia de diversificação de fontes de financiamento. Estão negociando com a estatal brasileira agências de crédito à exportação da Itália, Reino Unido, Japão e Áustria.

O pedido de financiamento é feito em meio a um cenário pouco favorável para a estatal brasileira. Balanço divulgado pela petrolífera na quinta-feira (12), mostra que a gigante teve prejuízo no terceiro trimestre de 2015, totalizando perda de R$ 3,75 bilhões, o terceiro maior prejuízo já registrado pela empresa em sua história, segundo levantamento da consultoria Economatica e divulgado pelo portal UOL.

De acordo com a análise, os dois maiores prejuízos foram registrados no quarto trimestre de 2014, com R$ 26,6 bilhões, e no terceiro trimestre de 2014, com R$ 5,33 bilhões.

Endividada
O balanço deixa a Petrobras está entre as mais endividadas das Américas, atrás apenas da General Electric e à frente da AT&T.

No terceiro trimestre de 2015, a dívida financeira bruta da Petrobras atingiu R$ 506,5 bilhões. A dívida financeira é aquela que a empresa contrai com instituições financeiras (e pelas quais paga juros). A dívida líquida, que é a bruta menos o caixa da empresa, chegou a R$ 402,3 bilhões em setembro.