Pintor brasileiro morre em acidente de trabalho em New Hampshire

Cilindro de gás da casa em que ele trabalhava explodiu e ele ficou preso em porão

0
4109
Antônio de Souza morreu depois de a casa em que trabalhava explodir
Antônio de Souza morreu depois de a casa em que trabalhava explodir

O brasileiro Antônio de Souza, de 46 anos, morreu depois de uma explosão em uma casa que ele trabalhava como pintor na cidade de New Boston, New Hampshire, na terça-feira (19).  De acordo com um jornal local, um cilindro de gás propano que estava do lado de fora da casa explodiu e Antônio, que estava no porão da casa, não conseguiu sair a tempo.

De acordo com o jornal Brazilian Times, a intensidade da explosão foi tão forte que o barulho foi ouvido a mais de 15 milhas de distância. Maryanne Willander, uma vizinha da casa, disse que ouviu um grande tremor e pensou que todas as janelas de sua casa iriam quebrar.

Após a explosão, os vizinhos relataram que ouviram o pintor pedir ajuda e que não conseguia se mexer, porque estava preso pelas madeiras. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu antes de ser resgatado. O corpo só foi retirado da casa por volta de 2 p.m.

Bombeiros de cidades vizinhas foram mobilizados para atendera ocorrência.

Antônio era mais conhecido na comunidade brasileira como Toninho e não tinha parentes morando nos Estados Unidos, de acordo com alguns amigos que abriram uma campanha para os procedimentos funerários.

Infelizmente, hoje perdemos um grande amigo o Toninho. Ele sofreu um acidente de trabalho, estava no basement de uma casa pintando, e infelizmente aconteceu uma explosão na casa e ele não conseguiu sair em tempo. O Toninho não tem parente aqui e gostaríamos de mandar o corpo dele para o Brasil, para pelo menos uma despedida. Nós amamos muito você, Toninho”, diz a página do Gofundme.

Quem quiser colaborar pode acessar o link goo.gl/3qmfWs.