Pit-bull de cinco meses impede a dona de ser estuprada em NY

Americana estava passeando com o cachorro quando foi atacada; filhote mordeu a perna do agressor que fugiu

0
5061
Maya e Apollo que a salvou de um ataque
Maya e Apollo que a salvou de um ataque

DA REDAÇAO COM NY POST –  Um filhote de pit-bull de cinco meses evitou que a sua dona fosse estuprada na última segunda-feira (28), no Brooklyn, em New York. Maya Fairweather, de 18 anos, estava andando em um parque com o cachorro do seu namorado às 10 da noite usando um fone de ouvido.

Ela soltou o animal da coleira por alguns instantes para que ele pudesse correr e brincar quando, de repente, foi agarrada por trás. “Senti alguém puxando meu fone de ouvido e pensei que fosse meu namorado, virei e sorri, mas não era ele. A única coisa que pensei foi em fechar os olhos para não ver o homem porque sabia que poderia me matar se eu o visse”, contou.

O agressor jogou Maya no chão e puxou sua calça quando o cachorro apareceu, agarrou e mordeu com muita força a perna do homem que teve dificuldade para soltá-lo e fugir.  “Apollo (o cão) é um bom garoto que salvou a minha vida”, disse Maya.

Depois do incidentes, ela correu para o apartamento do namorado e foi à polícia fazer um boletim de ocorrência.