Polícia Civil fecha oficina que falsificava Lamborghini e Ferrari no Brasil

Caso ganhou grande repercussão em veículos de imprensa internacionais; pai e filho foram indiciados por crime de falsificação

0
1980
Carros de luxo eram falsificados em Itajaí (Foto Polícia Civil - Divulgação)
Carros de luxo eram falsificados em Itajaí (Foto Polícia Civil - Divulgação)

A Polícia Civil do Brasil prendeu pai e filho acusados de serem proprietários de uma oficina localizada em Itajaí (SC) que falsificava nada menos que Ferrari e Lamborghini. A denúncia foi feita pelas marcas italianas dos carros.  Veículos de imprensa internacionais – como CNN, The Guardian, The Sun e Washington Post – repercutiram o caso.

A investigação começou há cerca de dois meses, quando os policiais receberam por meio de um escritório de advocacia em São Paulo uma denúncia das fabricantes italianas. Segundo a investigação, carros com valores entre R$ 1,5 milhão e R$ 3 milhões estavam sendo copiados na oficina para depois serem revendidos por valores entre R$ 180 mil e 250 mil.

Na oficina, foram encontradas oito estruturas de carros e peças adulteradas para instalação. Acessórios com os logotipos das marcas copiadas também foram apreendidos. Segundo a polícia, os motores das marcas Ferrari e Lamborghini seriam substituídas por outros modelos. “A parte mecânica vinha de carros velhos. Num dos carros, eles estavam instalando o motor de um Omega”, diz o delegado.

Segundo Fragelli, o negócio era coordenado por pai e filho que mantinham uma rede de contatos pelo país para comercializar os veículos falsificados. Os adulteradores atraíam os clientes informando que os produtos eram protótipos legais.

A dupla é investigada por crimes contra a propriedade industrial, mas a prática de outros delitos não é descartada pela Polícia Civil. As pessoas que encomendaram os veículos devem ser investigadas. “Se comprovado que eles sabiam que o produto era alvo de um crime, serão indiciadas pelo crime de receptação”, diz o delegado. (Com informações da Folha de S. Paulo)