Polícia localiza estuprador que aterrorizou o Sul da Flórida na década de 80

DNA de Robert Koehler foi encontrado em material coletado de pelo menos 25 vítimas de estupro na época

0
1151
Robert Koehler foi preso em Brevard County

Mais de 35 anos depois, a polícia localizou o ‘Pillowcase Rapist’, que teria violentado mais de 40 pessoas no início da década de 80 no Sul da Flórida. O DNA de Robert Koehler, de 60 anos, deu positivo para o estupro de pelo menos 25 pessoas até agora, 

Robert foi encontrado graças ao trabalho de inteligência da polícia de Brevard County – onde ele vivia em uma casa com esconderijo e diversos ‘souvenirs’ das vítimas – por meio de seu filho de 29 anos, preso em setembro por violência doméstica. 

Segundo promotores do caso, o filho de Robert, Robert Koehler Jr., teve o DNA incluído na base de dados do FBI e acabou acendendo uma lanterna vermelha para os detetives, que coletaram o DNA do pai em um carrinho de supermercado que ele segurou e de uma maçaneta que ele abriu. 

O acusado foi transferido para Miami onde foi apresentado ao juiz e está preso acusado pelos crimes. “Muitas lágrimas foram derramadas ao longo desses anos pelas vítimas e suas famílias. Esse predador nunca mais vai ficar livre novamente”, disse o diretor da polícia de Miami, Alfredo Ramirez.