Polícia paulista prende segundo suspeito de matar ambulante no metrô

Alípio Rogério dos Santos e Ricardo Martins do Nascimento são acusados de matar a socos e pontapés Luiz Carlos Ruas em pleno Dia de Natal

0
3226
Alípio estava escondido em Itaquera (Edilson Dantas / Agência O Globo)

A polícia de São Paulo prendeu na tarde de quarta-feira o segundo suspeito de ter assassinado a socos e pontapés o vendedor ambulante Luiz Carlos Ruas, de 54 anos, dentro de uma estação do metrô paulistano.

Alípio Rogério dos Santos estava escondido em um prédio na região de Itaquera e foi localizado graças a uma denúncia anônima. O outro acusado, Ricardo Martins do Nascimento, já está preso. Os dois, que são primos, espancaram Luiz até a morte no domingo, Dia de Natal. Os dois teriam sido repreendidos por um travesti por urinarem na rua e partiram para a agressão. Luiz Carlos tentou intervir e foi morto a pancadas pela dupla.

Segundo o advogado de defesa dos acusados, Marcolino Nunes Pinho, os dois agiram em legítima defesa. “A região tem vários viciados em drogas e eles foram para cima dos dois, roubando o celular do Alípio. Ele está com vários ferimentos. Só não fez o boletim de ocorrência por causa da briga, mas irá fazer”, disse aos jornalistas.