Local

Policial da Flórida tem overdose após ser exposta à droga fentanil durante parada de trânsito

Opioide sintético é considerado a droga mais letal do estado, responsável por milhares de mortes de usuários todos os anos, a maioria com idades entre 35 e 50 anos; a policia passa bem

Agente passou mal após intoxicação acidental (foto: Tavares Police Office)

Uma policial da cidade de Tavares, no condado de Lake, Flórida, precisou de atendimento médico após ter contato com a droga fentanil durante uma parada de trânsito.  “Ela estava completamente sem vida, parecia morta”, disse Courtney Bannick, detetive do Tavares Police Office, à Fox 35.

A cena dramática dos policiais tentando reanimar a agente intoxicada foi capturada pela câmera acoplada no uniforme dos policiais na noite desta quarta-feira (14).

Segundo relatou Bannick, a droga estava no carro do motorista que foi interceptado. A oficial teria descoberto e manuseado os comprimidos, com luvas, mesmo assim, começou a passar mal momento depois, com indícios de overdose. “Ela começou a ter dificuldade para respirar e estava perdendo a consciência”, falou. 

Ao perceberem o risco de vida, os colegas presentes na cena injetaram uma dose de Narcan, medicamento que reverte os efeitos de overdose de opioides, e acionaram serviço médico. 

O Florida Department of Health classificou o fentanil como a droga mais letal na Flórida, responsável por milhares de mortes de usuários, a maioria com idades entre 35 e 50 anos.

O opioide sintético desenvolvido para controlar a dor de pacientes com câncer, é entre 50 a 100 vezes mais forte que a morfina, e pode matar em pequenas doses. Os colegas da agente acreditam que ela pode ter aspirados pequenas partículas que desprenderam das pílulas enquanto realizava a apreensão. Segundo o Tavares Police Office a policial está em casa e se recupera bem.

O vídeo abaixo pode conter imagens fortes para pessoas sensíveis.

Baixe nosso aplicativo