Pontes das Cataratas do Iguaçu fecham por fluxo extremo de água

Devido fortes chuvas na região, volume de água é quase dez vezes maior que o normal

0
815
Foto: Reprodução RPC

Devido às fortes chuvas que atingiram a região de Foz do Iguaçu, no Paraná, o fluxo de água das Cataratas do Iguaçu bateu um novo recorde e chegou a 13,7 milhões de litros por segundo, na quarta-feira (12). De acordo a Companhia Paranaense de Energia (Copel), o fluxo considerado normal é de 1,5 milhão.

Por questão de segurança, as passarelas e mirantes próximos às quedas foram interditadas tanto do lado brasileiro quanto argentino. A entrada de turistas foi suspensa, o que gerou protestos de quem adquiriu ingressos com antecedência. 

A passarela da Garganta do Diabo, principal atração da unidade, está fechada desde a tarde de terça-feira (11), devendo permanecer sem visitas pelo menos até o fim da semana. A interdição anterior da trilha – ocorrida em junho, também devido às chuvas – durou oito dias.

As Cataratas do Iguaçu levam o título de maior conjunto de quedas d’água do mundo e são consideradas uma das Sete Maravilhas da Natureza.