Ponte levadiça abre durante travessia de carro em Lantana, FL

Veículo ficou preso no vão da estrutura a uma altura de 40 pés; incidente aconteceu em outubro do ano passado

0
2480
Carro fica preso no vão de ponte levadiça em Lantana (Foto: Reprodução WPTV)

Nesta segunda-feira (21), o canal de televisão WPTV divulgou um vídeo de outubro do ano passado que mostra uma ponte levadiça em Lantana (FL), sendo erguida no momento em que um carro tentava cruzar. A divulgação das imagens foi motivada pela morte de uma ciclista que morreu ao cair da ponte Royal Park Bridge no último dia 6 de fevereiro, e levantou preocupação sobre a segurança dessas  estruturas no sul Flórida. As imagens mostram o veículo parado  no vão da ponte, que começa a subir com o motorista  atrás do volante. A funcionária que controla o maquinário ignora a presença do automóvel que se desestabiliza a uma altura de 40 pés. Por sorte, o homem que estava no carro consegue sair sem ferimentos. A funcionária foi demitida após o incidente. (Veja vídeo abaixo)

De acordo com o Florida Department of Transportation, o tráfego de veículos e pessoas tem prioridade sobre as embarcações.  Antes de iniciar a elevação, o operador do maquinário precisa sinalizar com luzes, buzinas(se houver), baixar as catracas e checar através de espelhos e câmeras se o caminho está 100% livre.  Os advogados da família da ciclista Carol Wright, 79, disseram em entrevista coletiva que “houve uma sequência de erros” no episódio que resultou na morte da mulher. “Ele [ o operador] não verificou  as câmeras, nem os espelhos, nem saiu da cabine para ver se alguém estava lá”, falou o advogado Lance Ivey. Segundo Ivey,  bastava ter apertado um botão de emergência e a tragédia teria sido evitada. “Literalmente, bem na frente deles, estava Carol se agarrando na tentativa de se salvar”, declarou.

Em 2009, o pedestre Desmond Nolan, de 80 anos, também faleceu ao cair de uma ponte em Hollywood. Os advogados da família entraram com ação judicial e exigiram mudanças em alguns protocolos de segurança. Em março do ano passado, Fred Medina, 58, também despencou da South Miami Avenue Bridge e não resistiu. Para denunciar irregularidades ou enviar reclamações relacionadas às pontes levadiças da Flórida ligue 311.