Porta-voz do ICE desmente realização de blitz para prender indocumentados no Sul da Flórida

Rumores surgiram pelas redes sociais e pelo Whatsapp na tarde desta terça-feira, mas não passam de boatos

0
18237
ABoatos deixaram imigrantes com medo
Boatos deixaram imigrantes com medo

DA REDAÇÃO, COM MIAMI TIMES – A comunidade imigrante que vive no Sul da Flórida recebeu várias mensagens de áudio e até mesmo fotos via redes sociais e pelo aplicativo WhatsApp, de que várias blitz da imigração estavam acontecendo em Miami, Pompano Beach e em Lantana e que os agentes estariam prendendo imigrantes indocumentados. A mensagem viralizou rapidamente e deixou muita gente preocupada. Mas tudo não passava de um boato.

A redação do AcheiUSA, por exemplo, recebeu ligações de imigrantes preocupados e com medo. “Estou desesperada”, disse uma mulher. “Não podemos mais sair de casa, estamos com muito medo”, disse outra.

O porta-voz do U.S. Immigration and Customs Enforcement, Nestor Yglesias, confirmou ao jornal New Times de Miami que não houve nenhuma blitz com carros disfarçados no endereço NE 56th St. e Biscayne Boulevard em Miami e nem outra na 73rd Street na Dickinson Street in Miami Beach, como foi propagado pelo WhatsApp. A informação de que teriam quatro carros da imigração no mall da Military com a Sample, próximo ao supermercado Seabra também não foi confirmada.

Para que não houvesse dúvidas, repórteres da Rede de TV Univision visitaram os locais citados nos boatos e nada encontraram.

Ainda não se sabe de onde surgiu o rumor que começou por volta de 1 da tarde. A organização pró-imigrantes Miami’s Community Justice Project escreveu em seu Twitter: “Lição do dia: nossa comunidade está em alerta máximo e com muito medo do que possa acontecer”. Mas blitze na tarde desta quarta-feira (1) não aconteceram. Uma foto de um ônibus do ICE que está circulando é de uma operação realizada no Arizona em 2014.

O jornal ainda acrescenta: se Trump realizar blitz para prender imigrantes no sul da Flórida com certeza ele irá divulgar essa informação aos quatro cantos.