Brasil Manchete

Posse de Lula terá segurança reforçada, Festival do Futuro e “kit lembrança” do PT; Confira programação

Palco do Festival do Futuro, evento de posse do presidente eleito Lula. Foto: Reprodução Instragram

No próximo domingo, 1º de janeiro de 2023, mais de 300 mil pessoas são esperadas na festa de posse do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva, em Brasília. Ao lado de seu vice, Geraldo Alckmin, Lula tomará posse em sessão solene do Congresso Nacional, às 15h, no Plenário da Câmara dos Deputados, presidida pelo presidente do Senado e do Congresso Nacional, Rodrigo Pacheco.

Visando reforçar o sistema de segurança, o Ministério da Justiça autorizou o uso da Força Nacional de Segurança Pública (FNSP). Denominada Operação Posse Presidencial 2023, a ação foi iniciada na terça-feira (27) e vai até a próxima segunda (2). A Polícia Federal vai focar na proteção de autoridades nacionais e internacionais. Estão confirmadas 56 delegações estrangeiras, com 25 presidentes e chefes de Estado.

O evento, que conta com atrações culturais e gastronômicas, começa a partir das 10h da manhã. Com shows gratuitos, o Festival do Futuro — ou Lulapalooza, como vem sendo chamado nas redes sociais — ocorrerá na Esplanada dos Ministérios, com dezenas de artistas se apresentando em dois palcos. Entre as atrações estão a cantora baiana Margareth Menezes, nomeada Ministra da Cultura, além de Martinho da Vila, Chico César, Zélia Duncan, Odair José, Teresa Cristina, Gaby Amarantos, e Thalma de Freitas, cantora e atriz que esteve à frente da campanha de Lula nas eleições. A festa conta ainda com shows de Pabllo Vittar, marcado para começar às 2h da manhã, seguido de Valesca Popozuda, que encerra o evento na manhã do dia 2 de janeiro.

Na área do festival haverá também uma feira gastronômica, com pratos da culinária típica do Brasil, e duas lojas do Partido dos Trabalhadores, que criou o “kit lembrança“, vendido a R$100 e contendo camiseta, toalhas grande e pequena, copo e bandana com a famosa estrela vermelha do PT. “O kit será vendido às pessoas que querem ter uma recordação desse evento, que simboliza o retorno da democracia no Brasil. Além disso, também é uma forma de ajudar coletivamente nas finanças do partido”, disse Gleide Andrade, secretária nacional de planejamento do PT.

Segundo informações divulgadas pelo gabinete de transição do governo, os custos do Festival do Futuro, coordenado pela futura primeira-dama, Janja, serão pagos com “apoio financeiro dos partidos que fizeram parte da coligação Brasil da Esperança e entidades da sociedade civil”. A organização afirma que os artistas abriram mão do cachê.

Toda a cerimônia será transmitida pela TV BrasilTV Câmara e TV Senado. As principais emissoras de TV aberta do país também vão exibir ao vivo o evento.

Baixe nosso aplicativo