Poucos dias após Ian, nova depressão tropical se forma no Atlântico

Meteorologistas observam uma onda tropical em direção ao Caribe

0
1402

Enquanto comunidades duramente atingidas pelo furacão Ian continuam trabalhando para se recuperar da fúria da tempestade da última semana, o Centro Nacional de Furacões observa duas novas depressões tropicais se formando no Atlântico.

Segundo os meteorologistas, a formação observada na manhã desta terça-feira (4), a algumas centenas de quilômetros das Ilhas de Cabo Verde, deve se transformar em uma depressão tropical nas próximas 48 horas, à medida que se move para o noroeste do Atlântico, produzindo tempestades.

Uma onda tropical vinda da costa da África também mostra potencial de desenvolvimento para uma depressão tropical nos próximos dias, em direção ao noroeste no oceano Atlântico. 

O sistema tem 70% de chance de desenvolvimento até quinta-feira (6) e 80% de chance de desenvolvimento nos próximos cinco dias.

“As condições ambientais parecem ser propícias para um maior desenvolvimento, e uma depressão tropical provavelmente se formará em um ou dois dias”, divulgou o Centro Nacional de Furacões. “É possível algum desenvolvimento lento desse sistema durante os próximos dias, atingindo as Ilhas de Barlavento e o leste do Mar do Caribe no meio da semana e o oeste do Caribe no fim de semana”, afirmou o Centro.

No entanto, essas condições favoráveis ​​​​não devem durar muito. O sistema, que está longe dos Estados Unidos, pode ter mais dificuldade em se desenvolver no final desta semana, uma vez que os ventos de nível superior aumentarem na área, de acordo com os especialistas.

Segundo o Centro Nacional de Furacões, Julia é o próximo nome da lista para a temporada de furacões no Atlântico de 2022.