Presidente do Federal Reserve acredita na recuperação da economia pós-vacina

0
353
O presidente do Federal Reserve, Jerome Powell (Foto: Flickr)
O presidente do Federal Reserve, Jerome Powell (Foto: Flickr)

O presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, prevê um aumento nos preços ao consumidor neste verão — algo que os investidores temem forçar as taxas de juros a subirem mais cedo do que o esperado. A inflação seria resultado do aumento do consumo e do aquecimento da economia pós-vacina. 

Powell, falando em uma conferência na quinta-feira, previu um forte crescimento do emprego e aumentos nos preços ao consumidor à medida que a distribuição da vacina permite que a economia reabra totalmente. Mas ele advertiu que o Fed não acha que a economia está em risco de superaquecimento.

Ainda assim, após sua entrevista, o rendimento dos títulos públicos dos EUA de 10 anos saltou cerca de 0,07% para 1,54%.

Enquanto isso, as ações venderam, com o Dow (INDU) 1,3%, ou mais de 400 pontos abaixo e o S&P 500 (SPX) em baixa de 1,5%. O Nasdaq Composite caiu ainda mais acentuadamente, caindo 2,2% e se aproximando do território de correção, definido como uma queda de 10% em relação à sua alta mais recente.

“Esperamos que, à medida que a economia reabra e esperamos retomar, veremos a inflação subir”, disse Powell durante uma entrevista virtual no Wall Street Journal Jobs Summit

Quanto ao mercado de trabalho — que ainda está com poucos empregos em relação a fevereiro de 2020 -, melhorias estão aparecendo, mas o trabalho não está completo.

“Há uma boa razão para esperar que a criação de empregos aumente nos próximos meses”, disse Powell, mas isso não significa que o mercado de trabalho estará totalmente recuperado em dezembro.