Primeira juíza muçulmana nomeada nos EUA é encontrada morta em NY

Corpo de Sheila Abdus-Salaam, de 65 anos, foi localizado no Rio Hudson, em Nova York; polícia investiga o caso

0
5442
Sheila Abdus-Salaam foi encontrada morta em NY
Sheila Abdus-Salaam foi encontrada morta em NY

A polícia investiga a morte da primeira juíza muçulmana a ser nomeada nos Estados Unidos , cujo corpo foi encontrado boiando no Rio Hudson, em New York, na quarta-feira (12). Sheila Abdus-Salaam, de 65 anos, foi achada no rio perto da Rua 132, informou a polícia, que não encontrou sinais de lesões aparentes e ainda investiga o caso.

De acordo com a CNN, a polícia recebeu uma chamada no 911 sobre um corpo boiando no Rio Hudson. Eles levaram o corpo para ser examinado e constataram que se tratava de Sheila. A perícia ainda não divulgou a causa da morte e o caso está sob investigação pelo New York Police Department.

Sheila fazia parte da New York Court of Appeals desde 2013.

O governador de NY, Andrew Cuomo, disse em um comunicado que Abdus-Salaam era “pioneira” e “uma força para o bem” e que estava “entristecido”. “Ela era uma jurista que buscava a justiça para New York e para todos”, disse o governador.

O marido de Sheila tinha avisado à polícia sobre o desaparecimento da esposa na terça-feira (11).

Na mesma semana, um juiz de Chicago foi morto na porta de casa na segunda-feira.