Procurador pede 20 anos de prisão para passageira que agrediu comissária em voo na Califórnia

Funcionária da Southwest Airlines sofreu um corte no rosto, além de dois dentes quebrados e hematomas no olho esquerdo

0
2729
Homem se posiciona entre as duas mulheres para impedir os ataques (foto: Reprodução)

No dia 23 de maio deste ano a passageira Vyvianna Quinonez, 28, protagonizou uma violenta agressão contra uma comissária de bordo da companhia aérea Southwest Airlines. Ela golpeou várias vezes a funcionária que, de acordo com testemunhas, a teria pedido para ajustar a máscara no rosto e travar a bandeja de refeição momentos antes de o avião que fazia o trajeto Sacramento-San Diego, na Califórnia, pousar.  Agora, ela pode pegar 20 anos de prisão e multa de $250 mil pelos acusações de agressão e interferência no trabalho da tripulação do vôo.

O vídeo gravado por outros passageiros mostra um homem se posicionando entre as duas para impedir a continuidade dos ataques contra a comissária que sofreu um profundo corte no rosto, além de um olho inchado e dois dentes quebrados. A sentença de duas décadas de prisão para a agressora foi pedida pelo procurador do Distrito Sul da Califórnia, Randy Grossman. Ele argumentou que a violência exibida nas imagens é ‘imperdoável e não deve ser tolerada’. “A comissária estava simplesmente fazendo seu trabalho para garantir a segurança de todos a bordo ”, disse Grossman. “Vamos buscar todos processos criminais para punir estes que infringem a lei”, acrescentou. A sentença definitiva de Quinonez será conhecida no dia 11 de março de 2022.