Quatro casas de prostituição disfarçadas de spas são fechadas em Broward

Proprietária dos estabelecimentos foi presa; casas de massagem estão localizadas em Pembroke Pines, Hollywood e Pompano Beach

0
4937
Marcela Ramirez é acusada pelo crime de prática de prostituição (Foto Broward Sheriff's Office)

Uma mulher foi presa acusada de operar quatro casas de massagem que seriam usadas de fachada para a prática da prostituição no condado de Broward.

Maricela Ramirez, de 47 anos, foi detida nesta quinta-feira (20). Segundo a polícia, Maricela era proprietária dos “spas” G-Spa, em Pembroke Pines, Luna Azul Spa e Tan Spa em Hollywood e Innovative Spa em Pompano Beach.

Ela foi indiciada por crimes de prostituição e lavagem de dinheiro. Os detetives investigam se as mulheres que trabalham no local eram forçadas a fazer o serviço, o que configura tráfico de pessoas.

As investigações sobre a atuação dessas casas de massagem começaram em 2019, em uma força-tarefa formada por detetives do Broward Sheriff’s Office.

Informações e denúncias sobre tráfico humano devem ser feitas pelo telefone 888-373-7888 ou mensagem de texto com a palavra “HELP”para o número 233733. (Com informações do Local10 News)