Rádio brasileira sai do ar (atualizado)

0
1430

Rádio Tupi News, inaugurada há pouco mais de um mês, não está mais na freqüência FM 96.9

Pompano Beach, FL – A Rádio Tupi News, que tornou-se a sensação da comunidade brasileira na cidade de Pompano Beach, simplesmente saiu do ar dia 6 de julho sem maiores explicações.

Na verdade, desde 5 de julho, a rádio vinha apresentando problemas de transmissão, tanto que o apresentador Gilson Trindade chamou a atenção dos ouvintes dizendo estar havendo “problemas técnicos”.

O problema foi a fiscalização do FCC (órgão responsável pelas comunicações nos Estados Unidos), que proibiu a transmissão da emissora, por não ter encontrado a licença para funcionamento.

De acordo com Marcos Santos, diretor comercial da Rádio Tupi News, o motivo da retirada da emissora do ar foi uma fiscalização de autoridades do FCC, que pediram a licença para o funcionamento da rádio. “Os representantes solicitaram a exibição da licença, mas infelizmente o sr. Rubens (José Rubens Axt, autodenominado dono da Tupi News) havia levado a licença para Miami, para onde foi fechar um contrato. E ele não conseguiu encontrar uma máquina de fax em Miami para enviar uma cópia da licença, daí as autoridades fecharam a rádio”, disse Santos.

O diretor comercial, entretanto, garantiu que a emissora voltará ao dial – ela continua operando através da Internet – assim que o mal entendido for esclarecido. Ele apenas não sabe precisar quanto tempo demorará para ser reativada.

Em razão de notícia veiculada anteriormente por nosso site dando conta de que os pastores Perry Ellis e Nilson Fanini seriam donos da Reach Communications, Inc., detentora da freqüência 96.9 FM, o assessor de imprensa e relações públicas dos pastores emitiu uma resposta esclarecedora, que publicamos a seguir:

Nota de esclarecimento

Em face da reportagem inserida no site www.acheiUSA.com, fazendo menção à existência de irregularidade no funcionamento da Rádio Tupi News (FM 96.9), vinculando-a à nossa empresa, bem como citando indevidamente os nomes de Perry Ellis, Nilson Fanini e esposas, como responsáveis pela frequência, venho a bem da verdade comunicar que houve equívoco em fazer tal citação, uma vez que a Reach Communications, Inc., objeto de investigação jornalística que motivou a reportagem em tela, nada tem a ver com a empresa que eu represento neste ato, ou seja a Reach Communications International, Inc., que possuem diretorias diferentes e estão sediadas em endereços também diferentes e muito menos tem qualquer vinculação à Voz Cristã, ministério radiofônico sediado em Miami Lakes, conforme poderá ser comprovado junto ao órgão competente (www.sunbiz.org).

Por assim ser e considerando a repercusão negativa que tal reportagem ocasionou, contribuindo de certa forma para denegrir a imagem de pessoas intocáveis e altamente representativas tanto na sociedade americana como na brasileira, mesmo que isso não tenha sido o propósito de sua matéria, solicito que se faça a devida e necessária correção, no mesmo espaço em que a matéria foi publicada.

Deerfield Beach, Florida, Julho 08

Alcir Florentino dos Santos
Public Relations Manager