Rincón, ícone do futebol colombiano, morre aos 55 anos

0
376
Craque colombiano, que fez sucesso no Brasil, faleceu após ter sido internado com traumatismo craniano (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)
Craque colombiano, que fez sucesso no Brasil, faleceu após ter sido internado com traumatismo craniano (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)

O ex-jogador colombiano Freddy Rincón morreu no fim da noite de quarta-feira (13) em Cali, vítima de um grave acidente na cidade colombiana. A confirmação do falecimento veio através de uma coletiva de imprensa na clínica onde o ex-jogador estava internado.

O carro dirigido pelo ex-meia do Corinthians e Palmeiras foi atingido por um ônibus na madrugada da última segunda-feira (11). Com traumatismo craniano, Rincón chegou a ser operado, mas não resistiu.

Freddy Eusébio Gustavo Rincón Valencia nasceu na cidade de Buenaventura, Colômbia, em 14 de agosto de 1966. Começou a jogar futebol no Atlético Buenaventura, clube pequeno de sua cidade natal. De lá, rumou para o Deportes Tolima e depois ganhou o mundo. Quando ainda atuava no país, marcou gol inesquecível contra a Alemanha na Copa de 1990 e fez dois gols na histórica goleada da Colômbia sobre a Argentina por 5 a 0, no Monumental de Núñez, nas Eliminatórias da Copa de 1994.

Sua primeira experiência fora da Colômbia foi no Palmeiras, ao qual chegou no início de 1994, já como uma estrela da seleção de seu país. Destacou-se no título paulista daquele ano ao lado de nomes como Roberto Carlos, César Sampaio, Zinho, Edílson, Edmundo e Evair. Seis meses depois da chegada, durante a parada para a Copa do Mundo, transferiu-se para o Napoli.

Um ano depois, chegou ao todo-poderoso Real Madrid, mas não obteve o mesmo sucesso na Espanha e voltou ao Palmeiras no meio de 1996. Ao todo, fez 76 jogos e 22 gols pelo Verdão.

Em 1997, o Corinthians colocou a mão no bolso e investiu na compra do colombiano por cerca de $1.3 milhão. Rincón, que era meia, virou volante e se tornou um dos maiores da história do clube. Ao lado de Vampeta, formou dupla inesquecível. O quarteto de meio-campo, que contava ainda com Ricardinho e Marcelinho Carioca, se eternizou. Eles foram bicampeões brasileiros (1998/99), venceram o Paulistão de 99 e o Mundial de Clubes de 2000. Ríncon, capitão da equipe, ergueu a taça do mundo.

Pouco depois, recebeu uma ótima oferta salarial do Santos e trocou o Corinthians pelo Peixe, num período sem títulos. Atuaria ainda pelo Cruzeiro, em 2001, antes de voltar ao Timão em 2004, aos 37, para uma passagem apagada. Fez 158 jogos no Corinthians e 11 gols.

Também trabalhou no Brasil como treinador e chegou a comandar São Bento, São José, Iraty e Flamengo-SP entre 2006 e 2011. Nesse período, também foi técnico das categorias de base do Corinthians e Atlético-MG.

Na seleção colombiana, marcou 17 gols em 84 partidas. Disputou três Copas do Mundo: 90, 94 e 98. Com personalidade forte, Rincón ficou marcado pelo perfil de liderança e foi capitão em diversos times durante a carreira.

Palmeiras aplica goleada histórica na Libertadores

Rafael Navarro, artilheiro da Libertadores com seis gols em dois jogos, pode ser o camisa 9 que os palmeirenses desejam (Foto: Cesar Greco)
Rafael Navarro, artilheiro da Libertadores com seis gols em dois jogos, pode ser o camisa 9 que os palmeirenses desejam (Foto: Cesar Greco)

Abel Ferreira já ironizou que o Palmeiras é um “bocadinho retranqueiro”, diante das críticas ao estilo de jogo da equipe. Mas neste começo de temporada, o Verdão tem se mostrado uma equipe com muita força ofensiva.

Os números reforçam isso. Em 23 partidas disputadas até agora em 2022, o Verdão fez 47 gols, com média de 2,04 por partida. Nas últimas quatro partidas, foram 18 gols marcados.

Nesta sequência, estão a goleada por 4 a 0 sobre o São Paulo, na final do Campeonato Paulista, os 4 a 0 diante do Deportivo Táchira, na Venezuela, na estreia da Libertadores, a derrota por 3 a 2 para o Ceará no Brasileiro e os 8 a 1 diante do Independiente Petrolero, da Bolívia.

Com as conquistas dos títulos da Recopa Sul-Americana e Paulistão, o Palmeiras tem mostrado uma evolução no estilo de jogo proposto por Abel Ferreira. Além de uma defesa forte, o time está marcando de forma mais agressiva no campo de ataque e acumulado muitas chances. Dudu e Raphael Veiga são os destaques ofensivos.

O camisa 7 tem quatro gols e uma assistência neste começo de ano e desequilibra na ponta direita. Veiga, por sua vez, já marcou 13 vezes (contando o Mundial) e tem tudo para conseguir mais uma vez sua melhor temporada – em cada uma das últimas duas, fez 18 gols.

Ao fazer oito gols contra o Petrolero, o Palmeiras aplicou uma das dez maiores goleadas da história da Libertadores, além de ter conseguido a maior do clube na competição, também.

A goleada, no Allianz Parque, foi a maior do clube na competição, ou seja, o time atual, que já está marcado na galeria dos eternos do Alviverde, registrou mais um importante feito, superando outros momentos importantes como as Academias e a Era Parmalat. Independentemente do que o outro time apresenta, a obrigação do gigante é o placar elástico, e isso foi atingido.

Os feitos não param por aí, já que segundo levantamento do jornalista Rodolfo Rodrigues, o Palmeiras é o clube brasileiro com os melhores números na história da Libertadores, desde títulos, vitórias e até gols marcados. Confira:

  • 1º em participações (22) – entre 1961 e 2022
  • 1º em títulos (3) – dividido com Grêmio, São Paulo e Santos
  • 1º em finais (6) – dividido com São Paulo
  • 1º em jogos (212)
  • 1º em gols marcados (404)
  • 1º em gols marcados em casa (237)
  • 1º em gols como visitante (160)
  • 1º em vitórias (119)
  • 1º em vitórias em casa (72) – dividido com o São Paulo
  • 1º em vitórias fora (45)

O Palmeiras volta a campo no sábado (16) para enfrentar o Goiás, na Serrinha, pela segunda rodada do Brasileirão. O próximo compromisso pela Libertadores está marcado para o dia 27 de abril diante do Emelec, no Equadro.

Flamengo também chega a duas vitórias

O Flamengo recebeu o Talleres na terça-feira (12) no Maracanã e venceu por 3 a 1 em jogo válido pelo Grupo H da Copa Libertadores da América. Everton Ribeiro, duas vezes, e Gabigol, de pênalti, fizeram os gols do Rubro-Negro. Enquanto Fértoli descontou para o time argentino. Se antes do início do jogo alguns torcedores chegaram a protestar e vaiar alguns nomes na escalação, com o apito final o clima foi de alegria no estádio com a boa atuação da equipe comandada por Paulo Sousa.

Com a vitória em casa, a segunda em dois jogos no Grupo H da Copa Libertadores, o Flamengo soma seis pontos e lidera a chave de forma isolada. Na segunda posição aparece a Universidad Católica, com três pontos. Mesma pontuação do Talleres, que ocupa o terceiro posto. Sem pontos, o Sporting Cristal é o lanterna. 

O próximo jogo do Flamengo na Copa Libertadores será no dia 28, quinta-feira, contra a Universidad Católica, fora de casa. Já pelo Campeonato Brasileiro o Rubro-Negro volta a campo no próximo domingo (17). O adversário será o São Paulo, no Maracanã. 

Duelo mineiro na Libertadores

Tudo igual no clássico entre Atlético-MG e América-MG, na segunda rodada do Grupo D da Libertadores. O jogo foi muito movimentado, com chances de lado a lado, mas os gols saíram somente na segunda etapa. O Coelho saiu na frente com uma verdadeira pintura de Felipe Azevedo. O Galo ganhou campo, criou volume, mas empatou somente aos 41 minutos, com Ademir, que recebeu em posição de impedimento e balançou as redes. Fim de papo, 1 a 1 no placar.

Atlético-MG e América-MG fazem um clássico centenário. Se enfrentam desde 1912. Mas, na quarta-feira (13), fizeram o primeiro confronto mineiro na história da Copa Libertadores. O Galo, campeão em 2013, está disputando a competição pela 12ª vez. O Coelho estreia no torneio.

Galo e Coelho deixam de lado, por 15 dias, a Libertadores. No dia 26, o time alvinegro vai ao Equador visitar o Independiente del Valle. No dia seguinte, o América-MG recebe o Tolima, no Independência. A pausa no torneio continental ocorre em função de compromissos pela ida da terceira fase da Copa do Brasil, no meio da próxima semana. O Coelho duela com o CSA, fora de casa, e o Galo recebe o Brasiliense.

Fortaleza em perigo no Grupo F

Superior nos 90 minutos, o River Plate venceu o Fortaleza por 2 a 0, na quarta-feira (13), no Monumental, com gols de Enzo Fernández e De La Cruz. O River é o líder do Grupo F, com seis pontos, seguido pelo Colo-Colo, também com seis pontos. Alianza Lima e Fortaleza não venceram ainda na Libertadores. O jogo marcou o primeiro encontro entre River e Fortaleza na história. 

O Fortaleza duela com o Alianza Lima no dia 27, na Arena Castelão. O River enfrenta no mesmo dia e no mesmo horário o Colo-Colo, fora de casa, pela terceira rodada. Antes disto, o Fortaleza joga com o Internacional no domingo, pela Série A do Brasileiro.

A nota triste da partida ficou por conta de um torcedor do River Plate que jogou uma banana na direção da torcida do Fortaleza no Monumental. A direção do clube portenho já identificou o torcedor e prometeu punição.

Corinthians vence com gol contra

A primeira vitória do Corinthians na fase de grupos da Libertadores da América foi conquistada graças a um gol contra. Na noite de quarta-feira (13), na Neo Química Arena, o Timão bateu o Deportivo Cali por 1 a 0, gol de Caldera, zagueiro do time colombiano. Depois de estrear com derrota para o boliviano Always Ready, fora de casa, o time alvinegro iniciou sua recuperação com triunfo sobre o Botafogo, no Brasileirão, e conseguiu agora, no torneio sul-americano, consolidar sua recuperação. Essa é a primeira vez que o Corinthians vence duas seguidas sob o comando do português Vítor Pereira.

Com a vitória do Corinthians, todos os integrantes do Grupo E da Libertadores estão com os mesmos três pontos. Pelos critérios de desempate, porém, o Timão é o quarto colocado, com menos um de saldo. 

O Corinthians volta a campo no próximo sábado (16), contra o Avaí, na Neo Química Arena, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Na terça (19), pela Copa do Brasil, o Timão encara a Portuguesa-RJ, em Londrina. E pela Libertadores, a equipe joga de novo no dia 26, contra o Boca Juniors, em Itaquera.

Santos vence no sufoco

Se o futebol ainda não foi o esperado pela torcida, o Santos ao menos mostrou muita disposição para vencer a Universidad de Quito por 3 a 2, na quarta-feira (13), na Vila Belmiro, pela segunda rodada da Copa Sul-Americana. O Peixe saiu em vantagem, levou a virada no primeiro tempo, mas conseguiu mais dois gols na etapa final e obteve a primeira vitória na edição de 2022 da competição internacional.

Jhojan Julio fez o primeiro gol dele com a camisa do Santos, aos 14 minutos. Martínez, aos 25, empatou e Manda, aos 42, virou ainda no primeiro tempo. Na segunda parte, Léo Baptistão, de pênalti, aos 30, empatou. O gol da vitória alvinegra saiu aos 39, com Bryan Angulo, outro que marcou pela primeira vez pelo Alvinegro.

O Santos soma agora três pontos, na segunda colocação do Grupo C da Copa Sul-Americana (só o líder da chave avança). O próximo compromisso será contra a Unión La Calera no dia 27 de abril. Antes, o Peixe enfrenta 

Cuiabá é derrotado em Buenos Aires

Não deu para o Cuiabá. O Racing dominou a partida e não teve dificuldades para superar o time brasileiro por 2 a 0, pela segunda rodada da Copa Sul-Americana. Jogando fora de casa, no estádio Presidente Perón, em Avellaneda, o Dourado sentiu a pressão e não conseguiu segurar o time argentino. Gols de Javier Correa e Alcaraz.

O Cuiabá volta a campo diante do Fluminense no sábado, na Arena Pantanal, em jogo válido pela segunda rodada do Brasileirão. Na Sul-Americana uma pequena folga. O Dourado enfrenta o River Plate-URU no dia 27 de abril. O Racing encara o Melgar-PER, também no dia 27 de abril, fora de casa.

Com a vitória, o Racing assume a liderança do Grupo B, com seis pontos. O Cuiabá tem três pontos, assim como o Melgar, que venceu o River Plate-URU nesta quarta-feira. O time uruguaio é o lanterna, sem ponto.

Ceará fazendo história

O Ceará conquistou na terça-feira (12) a terceira vitória seguida com Dorival Júnior. O Vozão venceu o La Guaira por 2 a 0, com gols de Vina e Lima. Vina marcou o primeiro gol de time cearense fora do País em competições oficiais. Com o resultado, o Ceará segue na liderança do Grupo G da Sul-Americana, com seis pontos marcados. O La Guaira soma um ponto.

O Ceará encara o Botafogo pela Série A, em casa, no domingo (17). Pela Sul-Americana, o Ceará enfrenta o General Caballero no dia 26, fora. O La Guaira
enfrenta o Independiente no mesmo dia, em casa, pela terceira rodada.

Flu joga mal e é derrotado na Colômbia

Dominado no primeiro tempo, o Fluminense não teve poder de reação e perdeu para o Junior Barranquilla por 3 a 0. Nos primeiros 45 minutos, os donos da casa foram dominantes e impuseram um ritmo intenso. O Tricolor teve dificuldades desde a saída de bola e não resistiu à pressão dos colombianos, que abriram 2 a 0 – com direito a um pênalti polêmico. Na etapa final, Abel promoveu mudanças que fizeram a equipe crescer de produção, trocar mais passes e criar mais, no entanto, o Flu não teve a mesma capacidade de agredir o adversário e acabou sofrendo o terceiro gol em contra-ataque no apagar das luzes.

Com a vitória, o Junior Barranquilla assume a liderança do grupo H da Copa Sul-Americana, com quatro pontos. o Fluminense é o terceiro colocado, com três. Apenas o primeiro colocado de cada grupo avança para as oitavas da competição.

O Fluminense volta a campo pela Sul-Americana no dia 26 para encarar o Unión Santa Fe, no Maracanã. O Junior Barranquilla enfrenta o Oriente Petrolero fora de casa no dia 28. Pelo Brasileirão, o Tricolor encara o Cuiabá neste sábado (16), na Arena Pantanal.


Miami Heat é líder da Conferência Leste e estreia domingo nos playoffs da NBA

Bam Adebayo é o líder do Miami Heat nesta temporada (Foto: Heat Nation)
Bam Adebayo é o líder do Miami Heat nesta temporada (Foto: Heat Nation)

A FTX Arena deverá estar lotada para receber os torcedores do sul da Flórida, ávidos por mais uma vitória do time comandado por Erick Spoelstra neste domingo (17) e na terça-feira (19). Afinal, a equipe de Bam Adebayo, Jimmy Butler, Kyle Lowry, Tyler Herro e outros craques assegurou o primeiro lugar na classificação geral da Conferência Leste da NBA.

O adversário será conhecido apenas na sexta-feira (15) à noite quando Atlanta Hawks e Cleveland Cavaliers se enfrentam no Play-In para saber quem será o oitavo classificado e consequentemente o adversário do Miami Heat.

Os demais confrontos da Conferência Leste para os playoffs já estão definidos. Em parênteses, a classificação final de cada equipe:

  • Boston Celtics (2) x Brooklin Nets (7)
  • Milwaukee Bucks (3) x Chicago Bulls (6)
  • Philadelphia 76ers (4) x Toronto Raptors (5)

Na Conferência Oeste, o Phoenix Suns fez a melhor campanha e aguarda o vencedor do Play-In entre New Orleans Pelicans e Los Angeles Clippers para conhecer seu adversário. Os outros enfrentamentos estão definidos:

  • Memphis Grizzlies (2) x Minnesota Timberwolves (7)
  • Golden State Warriors (3) x Denver Nuggets (6)
  • Dallas Mavericks (4) x Utah Jazz (5)